Tipos de gráficos disponíveis

O Microsoft Excel suporta inúmeros tipos de gráfico para o ajudar a apresentar os dados de forma relevante para a sua audiência. Quando criar um gráfico ou alterar o tipo de um gráfico existente no Microsoft Excel ou noutros programas do Microsoft Office, tais como o Microsoft Word, Microsoft PowerPoint ou Microsoft Outlook, poderá seleccionar um dos seguintes tipos de gráfico.

Importante    Este artigo descreve os tipos de gráfico que podem ser utilizados. Para obter informações sobre como criar um gráfico, consulte Guia de introdução: Colocar os dados em gráfico ou Criar um gráfico do princípio ao fim.

Neste artigo


Gráficos de colunas

Os dados dispostos em colunas ou linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de colunas. Os gráficos de colunas são úteis para mostrar alterações nos dados ao longo de um período de tempo ou para ilustrar comparações entre itens.

Nos gráficos de colunas, as categorias são normalmente organizadas ao longo do eixo horizontal e os valores ao longo do eixo vertical.

Gráfico de Colunas Agrupadas em 3D

Os gráficos de colunas dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Colunas agrupadas e colunas agrupadas em 3D    Os gráfico de colunas agrupadas comparam valores entre categorias. Um gráfico de colunas agrupadas mostra os valores em rectângulos verticais em 2-D. Uma coluna agrupada num gráfico em 3D apresenta os dados utilizando apenas uma perspectiva 3D. Não é utilizado um terceiro eixo de valores (eixo de profundidade).

Gráfico de colunas agrupadas e gráfico de colunas agrupadas em 3D

Pode utilizar um tipo de gráfico de colunas agrupadas quando tiver categorias que representem:

  • Intervalos de valores (por exemplo, contagens de itens).
  • Distribuição específica de escalas (por exemplo, uma escala Likert com entradas como 'concordo totalmente', 'concordo', 'neutro', 'discordo', 'discordo totalmente').
  • Nomes que não estejam numa ordem específica (por exemplo, nomes de itens, nomes geográficos ou nomes de pessoas).

Nota    Para apresentar os dados num formato 3D que utiliza três eixos (um eixo horizontal, um eixo vertical e um eixo de profundidade) que podem ser modificados, utilize um subtipo de gráfico de colunas 3D.

  • Coluna empilhada e coluna empilhada em 3D    Os gráficos de colunas empilhadas mostram a relação dos itens individuais com o todo, comparando a contribuição de cada valor com um total entre categorias. Um gráfico de colunas empilhadas mostra os valores em rectângulos empilhados verticais em 2-D. Um gráfico de colunas empilhadas 3D apresenta os dados utilizando apenas uma perspectiva 3D. Não é utilizado um terceiro eixo de valores (eixo de profundidade).

Gráfico de colunas empilhadas e gráfico de colunas empilhadas em 3D

Sugestão    Poderá utilizar um gráfico de colunas empilhadas quando tiver múltiplas séries de dados (séries de dados: pontos de dados relacionados que são desenhados num gráfico. Cada série de dados num gráfico tem uma cor exclusiva ou padrão e é representada na legenda do gráfico. É possível desenhar uma ou mais séries de dados num gráfico. Os gráficos circulares têm apenas uma única série de dados.) e quando pretender realçar o total.

  • Colunas 100% empilhadas e colunas 100% empilhadas em 3D    Os gráficos de colunas 100% empilhadas e os gráficos de colunas 100% empilhadas em 3D comparam a percentagem com que cada valor contribui para o total das categorias. Um gráfico de colunas 100% empilhadas apresenta os valores em rectângulos verticais 100% empilhados em 2-D. Um gráfico de colunas 100% empilhadas em 3D apresenta os dados utilizando apenas uma perspectiva 3D. Não é utilizado um terceiro eixo de valores (eixo de profundidade).

Gráfico de colunas 100% empilhadas e gráfico de colunas 100% empilhadas 3D

Poderá utilizar um gráfico de colunas 100% empilhadas quando tiver duas ou mais séries de dados e pretender enfatizar os contributos em relação ao todo, principalmente se o total for o mesmo para cada categoria.

Gráfico de colunas 3D

Poderá utilizar um gráfico de colunas 3D quando pretender comparar dados entre as categorias e igualmente entre as séries, porque este tipo de gráfico mostra as categorias mostra as categorias ao longo do eixo horizontal e do eixo de profundidade, enquanto o eixo vertical apresenta os valores.

  • Cilindros, cones e pirâmides    Os gráficos de cilindros, cones e pirâmides estão disponíveis nos mesmos tipos de gráfico agrupados, empilhados, 100% empilhados e 3D fornecidos para gráficos de colunas rectangulares e mostram e comparam os dados da mesma forma. A única diferença reside no facto de estes tipos de gráfico apresentarem formas cilíndricas, cónicas e piramidais em vez de rectângulos.

Gráfico de cilindros, cones e pirâmides

Início da Página Início da Página

Gráficos de linhas

Os dados dispostos em colunas ou linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de linhas. Os gráficos de linhas podem apresentar dados contínuos ao longo do tempo, definidos contra uma escala comum, pelo que são ideais para mostrar tendências nos dados em intervalos regulares. Num gráfico de linhas, os dados das categorias são distribuídos uniformemente ao longo do eixo horizontal, sendo todos os dados dos valores distribuídos de forma uniforme ao longo do eixo vertical.

Gráfico de Linhas com Marcadores

Deverá utilizar um gráfico de linhas se os rótulos de categorias forem texto e representarem valores distribuídos uniformemente, tais como meses, trimestres ou anos fiscais. Isto é especialmente relevante se existirem várias séries - para uma única série, deverá considerar a utilização de um gráfico de dispersão. Também deverá utilizar um gráfico de linhas se tiver vários rótulos numéricos distribuídos uniformemente, em especial anos. Se tiver mais de dez rótulos numéricos, utilize um gráfico de dispersão.

Os gráficos de linhas dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Linhas e linhas com marcadores    Apresentados com ou sem marcadores para indicar valores de dados individuais, os gráficos de linhas são úteis para mostrar tendências ao longo do tempo ou categorias ordenadas, principalmente quando existem vários pontos de dados e a ordem em que são apresentados é importante. Se existirem várias categorias ou os valores forem aproximados, utilize um gráfico de linhas sem marcadores.

Gráficos de linhas com e sem marcadores

  • Linhas empilhadas e linhas empilhadas com marcadores    Apresentados com ou sem marcadores para indicar valores de dados individuais, os gráficos de linhas empilhadas podem ser utilizados para mostrar a tendência do contributo de cada valor ao longo do tempo ou categorias ordenadas.

Gráficos de linhas empilhadas com e sem marcadores

Nota    Os gráficos empilhados adicionam os dados, o que poderá não corresponder ao resultado pretendido. Além disso, uma vez que não é fácil ver as linhas empilhadas, considere utilizar um tipo de gráfico de linhas diferente ou um gráfico de área empilhado.

  • Linhas empilhadas a 100% e linhas empilhadas a 100% com marcadores    Apresentados com ou sem marcadores para indicar valores de dados individuais, os gráficos de linhas 100% empilhadas são úteis para mostrar a tendência da percentagem com que cada valor contribui ao longo do tempo ou categorias ordenadas. Se existirem várias categorias ou se os valores forem aproximados, utilize um gráfico de linhas 100% empilhadas sem marcadores.

Gráficos de linhas 100% empilhadas com e sem marcadores

Sugestão    Para uma melhor apresentação deste tipo de dados, considere utilizar um gráfico de área 100% empilhada.

  • Linhas em 3D    Os gráficos de linhas em 3D mostram cada linha ou coluna de dados como uma fita em três dimensões. Um gráfico de linhas em 3D tem eixos horizontal, vertical e de profundidade que pode modificar.

Gráfico de linhas 3D

Início da Página Início da Página

Gráficos circulares

Os dados dispostos numa única coluna ou linha apenas de uma folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico circular. Os gráficos circulares mostram o tamanho dos itens numa série de dados (séries de dados: pontos de dados relacionados que são desenhados num gráfico. Cada série de dados num gráfico tem uma cor exclusiva ou padrão e é representada na legenda do gráfico. É possível desenhar uma ou mais séries de dados num gráfico. Os gráficos circulares têm apenas uma única série de dados.), proporcional à soma dos itens. Os pontos de dados (pontos de dados: valores individuais desenhados num gráfico e representados por barras, colunas, linhas, sectores circulares ou em anel, pontos e várias outras formas denominadas marcadores de dados. Os marcadores de dados da mesma cor constituem uma série de dados.) num gráfico circular são apresentados como uma percentagem do gráfico circular inteiro.

Gráfico Circular em 3D

Considere a utilização de um gráfico circular quando:

  • Só existir uma série de dados para representar.
  • Nenhum dos valores que pretende representar for negativo.
  • Quase nenhuns dos valores que pretende representar for zero.
  • Não existirem mais de sete categorias.
  • As categorias representam partes do total do círculo.

Os gráficos circulares dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Circular e circular em 3D    Os gráficos circulares mostram a contribuição de cada valor para o total no formato 2-D ou 3D. É possível separar manualmente os sectores de um gráfico circular para os realçar.

Exemplo de um gráfico circular 2-D e 3D

  • Circular de circular e barra circular    Os gráficos circular de circular e de barra de circular mostram gráficos circulares com valores definidos pelo utilizador extraídos do gráfico circular principal e combinados num gráfico circular secundário ou num gráfico de barras empilhadas. Estes tipos de gráfico são úteis quando pretende facilitar a distinção dos sectores pequenos no círculo principal.

Exemplo de um gráfico circular de circular e de barra de circular

  • Gráfico circular destacado e gráfico circular destacado em 3D    Os gráficos circulares destacados apresentam o contributo de cada valor relativamente ao total, realçando os valores individuais. Os gráficos circulares destacados podem ser apresentados em formato 3D. Poderá alterar a definição de gráfico circular destacado para todos os sectores e para sectores individuais, mas não poderá mover manualmente os sectores de um gráfico circular destacado.

Exemplo de um gráfico circular destacado em 2-D e em 3D

Sugestão    Se pretender separar os sectores manualmente, considere utilizar um gráfico circular ou um gráfico circular em 3D.

Início da Página Início da Página

Gráficos de barras

Os dados dispostos em colunas ou linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de barras. Os gráficos de barras ilustram comparações entre itens individuais.

Gráfico de Barras em 3D

Considere a utilização de um gráfico de barras quando:

  • As etiquetas dos eixos são longas.
  • Os valores mostrados são durações.

Os gráficos de barras dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Barras agrupadas e barras agrupadas em 3D    Os gráficos de barras agrupadas comparam valores entre categorias. Num gráfico de barras agrupadas, as categorias são normalmente organizadas ao longo do eixo vertical e os valores ao longo do eixo horizontal. Uma barra agrupada num gráfico 3D mostra os rectângulos horizontais no formato 3D; não apresenta os dados em três eixos.

Gráficos de barras agrupadas e barras agrupadas em 3D

  • Barras empilhadas e barras empilhadas em 3D    Os gráficos de barras empilhadas mostram a relação dos itens individuais com o total. Uma barra empilhada num gráfico 3D apresenta os rectângulos horizontais no formato 3D; não apresenta os dados em três eixos.

Gráficos de barras empilhadas e barras empilhadas em 3D

  • Barras empilhadas a 100% e barras empilhadas a 100% em 3D    Este tipo de gráfico compara a percentagem com que cada valor contribui para o total das categorias. Uma barra 100% empilhada num gráfico 3D apresenta os rectângulos horizontais no formato 3D; não apresenta os dados em três eixos.

Gráficos de barras 100% empilhados e barras 100% empilhados em 3D

  • Cilindros, cones e pirâmides horizontais    Estes gráficos estão disponíveis nos mesmos tipos de gráfico agrupado, empilhado e 100% empilhado que são fornecidos para os gráficos de barras rectangulares. Mostram e comparam os dados exactamente da mesma forma. A única diferença reside no facto de estes tipos de gráfico apresentarem formas cilíndricas, cónicas e piramidais em vez de rectângulos horizontais.

Gráficos de cilindros, cones e pirâmides

Início da Página Início da Página

Gráficos de área

Os dados dispostos em colunas ou linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de área. Os gráficos de área enfatizam a magnitude das alterações ao longo do tempo e podem ser utilizados para chamar a atenção para o valor total ao longo de uma tendência. Por exemplo, é possível desenhar dados que representem o lucro ao longo do tempo num gráfico de área para enfatizar o lucro total.

Ao mostrar a soma dos valores representados, um gráfico de área mostra também a relação das partes com o todo.

Gráfico de Área

Os gráficos de área dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Área 2-D e área 3D    Quer sejam mostrados em 2-D ou em 3D, os gráficos de área apresentam a tendência dos valores ao longo do tempo ou outros dados de categorias. Os gráficos de área 3D utilizam três eixos (horizontal, vertical e profundidade) que podem ser modificados. Por regra, deve considerar utilizar um gráfico de linhas em vez de um gráfico de área não empilhada, porque os dados de uma série podem ser ocultos pelos dados de outra série.

Tipos de gráficos de área e área 3D

  • Área empilhada e área empilhada em 3D    Os gráficos de área empilhada apresentam a tendência da contribuição de cada valor ao longo do tempo ou outros dados de categoria. Um gráfico de área empilhada em 3D é apresentado da mesma forma, mas utiliza uma perspectiva 3D. Uma perspectiva 3D não é um gráfico 3D verdadeiro — não é utilizado um terceiro eixo de valores (eixo de profundidade).

Tipos de gráfico de área empilhada e área empilhada em 3D

  • Área 100% empilhada e área 100% empilhada em 3D    Os gráficos de área 100% empilhada apresentam a tendência da percentagem com que cada valor contribui ao longo do tempo ou outros dados de categorias. Um gráfico de área 100% empilhada em 3D é apresentado da mesma forma mas utiliza uma perspectiva 3D. Uma perspectiva 3D não é um verdadeiro gráfico 3D — não é utilizado um terceiro eixo de valores (eixo de profundidade).

Tipos de gráfico de área 100% empilhada e área 100% empilhada em 3D

Início da Página Início da Página

Gráficos de dispersão (XY)

Os dados dispostos em colunas e linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de dispersão (XY). Os gráficos de dispersão mostram as relações entre os valores numéricos de várias séries de dados ou desenham dois grupos de números como uma série de coordenadas XY.

Um gráfico de dispersão tem dois eixos de valores, mostrando um conjunto de dados numéricos ao longo do eixo horizontal (eixo dos x) e outro ao longo do eixo vertical (eixo dos y). Combina estes valores em pontos de dados únicos e apresenta-os em agrupamentos ou intervalos irregulares. Normalmente, os gráficos de dispersão são utilizados para apresentar e comparar valores numéricos, tal como dados científicos, estatísticos e de engenharia.

Considere a utilização de um gráfico de dispersão quando:

  • Pretender alterar a escala do eixo horizontal.
  • Pretender tornar esse eixo numa escala logarítmica.
  • Os valores do eixo horizontal não estiverem espaçados de forma regular.
  • Houver muitos pontos de dados no eixo horizontal.
  • Desejar mostrar de forma efectiva dados da folha de cálculo que incluam pares ou conjuntos agrupados de valores e ajustar as escalas independentes de um gráfico de dispersão para revelar mais informações sobre os valores agrupados.
  • Pretender mostrar similaridades entre grandes conjuntos de dados em vez de diferenças entre pontos de dados.
  • Pretender comparar vários pontos de dados sem ter em consideração o tempo  - quantos mais dados forem incluídos num gráfico de dispersão, melhores serão as comparações que poderá efectuar.

Para distribuir os dados de uma folha de cálculo para um gráfico de dispersão, deverá colocar os valores dos x numa linha ou coluna, e introduzir os valores dos y correspondentes nas linhas ou colunas adjacentes.

Gráfico de dispersão (XY)

Os gráficos de dispersão dividem-se nos seguintes subtipos:

Gráfico de Dispersão apenas com marcadores

  • Dispersão com linhas suaves e dispersão com linhas suaves e marcadores    Este tipo de gráfico apresenta uma uma curva suave que liga os pontos de dados. As linhas suaves podem ser apresentadas com ou sem marcadores. Utilize uma linha suave sem marcadores se existirem vários pontos de dados.

Gráficos de dispersão com linhas suaves com e sem marcadores

  • Dispersão com linhas rectas e dispersão com linhas rectas e marcadores    Este tipo de gráfico apresenta linhas de conexão rectas entre os pontos de dados. As linhas rectas podem ser apresentadas com ou sem marcadores.

Gráficos de dispersão com linhas rectas com e sem marcadores

Início da Página Início da Página

Gráficos de cotações

Os dados dispostos em colunas ou linhas por uma ordem específica numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de cotações. Tal como o próprio nome indica, os gráficos de cotações são muitas vezes utilizados para ilustrar as flutuações dos preços das acções. Contudo, estes gráficos também podem ser utilizados para dados científicos. Por exemplo, pode utilizar um gráfico de cotações para indicar as flutuações das temperaturas diárias ou anuais. Tem de organizar os dados pela ordem correcta para criar gráficos de cotações.

A forma como os dados dos gráficos de cotações são organizados na folha de cálculo é muito importante. Por exemplo, para criar um gráfico de cotações de máximo-mínimo-fecho simples, deverá dispor os dados introduzindo Máximo, Mínimo e Fecho como cabeçalhos de coluna, por essa ordem.

Gráfico de cotações

Os gráficos de cotações dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Máximo-mínimo-fecho    O gráfico de cotações de máximo-mínimo-fecho é utilizado frequentemente para ilustrar preços de cotações. Requer três séries de valores na seguinte ordem: máximo, mínimo e, em seguida, fecho.

Tipo de gráfico de cotações de máximo-mínimo-fecho

  • Abertura-máximo-mínimo-fecho    Este tipo de gráfico de cotações requer quatro séries de valores pela ordem correcta (abertura, máximo, mínimo e, em seguida, fecho).

Tipo de gráfico de cotações de abertura-máximo-mínimo-fecho

  • Volume-máximo-mínimo-fecho    Este tipo de gráfico de cotações requer quatro séries de valores pela ordem correcta (volume, máximo, mínimo e, em seguida, fecho). Mede o volume utilizando dois eixos de valores: um para as colunas que medem o volume e o outro para os preços das acções.

Tipo de gráfico de cotações de volume-máximo-mínimo-fecho

  • Volume-abertura-máximo-mínimo-fecho    Este tipo de gráfico de acções requer cinco séries de valores pela ordem correcta (volume, abertura, máximo, mínimo e, em seguida, fecho).

Tipo de gráfico de cotações de volume-abertura-máximo-mínimo-fecho

Início da Página Início da Página

Gráficos de superfície

Os dados dispostos em colunas ou linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de superfície. Um gráfico de superfície é útil quando pretende encontrar combinações óptimas entre dois conjuntos de dados. À semelhança de um mapa topográfico, as cores e padrões indicam áreas pertencentes ao mesmo intervalo de valores.

É possível utilizar um gráfico de superfície quando tanto as categorias como as séries de dados forem valores numéricos.

Gráfico de superfície

Os gráficos de superfície dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Superfícies em 3D    Os gráficos de superfície 3D mostram as tendências em valores ao longo de duas dimensões numa curva contínua. As faixas a cores num gráfico de superfície não representam as séries de dados; representam a diferença entre os valores. Este gráfico mostra uma vista 3D dos dados, a qual pode ser imaginada como uma folha de borracha esticada sobre um gráfico de colunas 3D. Normalmente, é utilizado para mostrar relações entre grandes quantidades de dados que de outro modo dificilmente seriam vistas.

Tipo de gráfico de superfície 3D

  • Superfície de esboço em 3D    Quando apresentado sem cor na superfície, um gráfico de superfície 3D é denominado gráfico de superfície vectorial 3D. Este gráfico mostra apenas as linhas.

Nota    Um gráfico de superfície vectorial 3D não é de fácil leitura, mas este tipo de gráfico é útil para um desenho mais rápido de grandes conjuntos de dados.

Tipo de gráfico de superfície vectorial 3D

  • Níveis    Os gráficos de níveis são gráficos de superfície vistos de cima, semelhantes a mapas topográficos 2D. Num gráfico de níveis, as faixas a cores representam intervalos de valores específicos. As linhas num gráfico de níveis ligam pontos interpolados de igual valor.

Tipo de gráfico de níveis

  • Gráfico de níveis vectorial    Os gráficos de níveis vectoriais também são gráficos de superfície vistos de cima. Sem faixas a cores na superfície, um gráfico vectorial mostra apenas as linhas.

Nota    Os gráfico de níveis vectorial não são de fácil leitura. Poderá pretender utilizar um gráfico de superfície 3D.

Tipo de gráfico de níveis vectorial

Início da Página Início da Página

Gráficos em anel

Os dados dispostos em colunas ou linhas apenas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.)podem ser desenhados num gráfico em anel. Como um gráfico circular, um gráfico em anel mostra a relação das partes com o todo, mas pode conter mais que uma série de dados (séries de dados: pontos de dados relacionados que são desenhados num gráfico. Cada série de dados num gráfico tem uma cor exclusiva ou padrão e é representada na legenda do gráfico. É possível desenhar uma ou mais séries de dados num gráfico. Os gráficos circulares têm apenas uma única série de dados.).

Gráfico em anel

Nota    Os gráficos em anel não são fáceis de ler. Poderá preferir a utilização de um gráfico de colunas empilhadas ou de um gráfico de barras empilhadas.

Os gráficos em anel dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Anel    Os gráficos em anel apresentam dados em anéis, em que cada anel representa uma série de dados. Se forem apresentadas percentagens nos rótulos de dados, cada anel totalizará 100%.

Tipo de gráfico em anel

  • Anéis Destacados    À semelhança dos gráficos circulares destacados, os gráficos em anel destacados mostram a contribuição de cada valor para um total, realçando os valores individuais, mas podem conter mais que uma série de dados.

Tipo de gráfico em anel destacado

Início da Página Início da Página

Gráficos de bolhas

Os dados dispostos em colunas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) de forma a que os valores x sejam listados na primeira coluna e os valores y correspondentes e valores de tamanho das bolhas sejam listados em colunas adjacentes, podem ser desenhados num gráfico de bolhas.

Por exemplo, organizaria os dados conforme mostrado no exemplo seguinte.

Gráfico de bolhas

Os gráficos de bolhas dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Bolhas ou bolhas com efeito 3D    Os dois tipos de gráfico de bolhas comparam conjuntos de três valores em vez de dois. O terceiro valor determina o tamanho do marcador de bolhas. Pode optar por apresentar bolhas no formato 2-D ou com um efeito 3D.

Gráfico de bolhas e bolhas com efeito 3D

Início da Página Início da Página

Gráficos de radar

Os dados dispostos em colunas ou linhas numa folha de cálculo (folha de cálculo: documento principal utilizado no Excel para armazenar e trabalhar com dados. Também denominada folha de trabalho do Excel. Uma folha de cálculo é composta por células organizadas em colunas e linhas; uma folha de cálculo está sempre armazenada num livro.) podem ser desenhados num gráfico de radar. Os gráficos de radar comparam os valores agregados de várias séries de dados (séries de dados: pontos de dados relacionados que são desenhados num gráfico. Cada série de dados num gráfico tem uma cor exclusiva ou padrão e é representada na legenda do gráfico. É possível desenhar uma ou mais séries de dados num gráfico. Os gráficos circulares têm apenas uma única série de dados.).

Gráfico de radar preenchido

Os gráficos de radar dividem-se nos seguintes subtipos:

  • Radar e radar com marcadores    Com ou sem marcadores para pontos de dados individuais, os gráficos de radar mostram as alterações dos valores relativamente a um ponto central.

Tipos de gráficos de radar e de radar com marcadores

  • Radar preenchido    Num gráfico de radar preenchido, a área coberta por uma série de dados é preenchida por uma cor.

Tipo de gráfico de radar preenchido

Início da Página Início da Página

 
 
Aplica-se a:
Excel 2010, Outlook 2010, PowerPoint 2010, Word 2010