Ativar edições de volume do Office

Existem dois tipos de métodos de ativação das edições de volume do Microsoft Office: Chave de Ativação Múltipla (MAK) e Serviço de Gestão de Chaves (KMS). Se tiver um administrador de sistema, ele poderá indicar-lhe o tipo de ativação que tem de fazer. Se não tiver um administrador do sistema, é mais provável que a ativação necessária seja a MAK.

Se a ativação tiver de ser feita por MAK, terá de obter, ou o administrador terá de lhe fornecer, uma chave MAK.

Se a ativação tiver de ser feita por KMS, terá de pedir ajuda ao seu administrador relativamente ao anfitrião KMS ou ao seu computador.

Ativar utilizando Multiple Activation Key (MAK)

  1. No Office 2010, clique em Ficheiro > Ajuda > Alterar Chave de Produto.

No Office 2013, clique em Ficheiro > Conta > Alterar Chave do Produto.

  1. Introduza uma chave MAK.
  2. Se selecionar a caixa de verificação Tentar ativar automaticamente o meu produto utilizando a Internet, conclua o processo de introdução da chave de produto.
  3. Reinicie o programa Office.
  4. No Office 2010, clique em Ficheiro > Ajuda.

No Office 2013, clique em Ficheiro > Conta.

  1. Se visualizar Produto Licenciado, o produto foi ativado.
  2. Se não selecionar a caixa para ativar automaticamente, é-lhe pedido que faça a ativação na próxima vez que abrir um programa do Office.

Ativar através da Internet ou pelo telefone

Quando introduz a chave de produto válida, o Assistente de Ativação é executado automaticamente e fornece-lhe duas opções para continuar:

  • Ativar utilizando a Internet     O Assistente de Ativação contacta automaticamente os servidores de ativação da Microsoft através da ligação à Internet. Se estiver a utilizar uma chave de produto válida que ainda não tenha sido utilizada para o número permitido de instalações, o produto será ativado imediatamente. Quando a ativação é efetuada através da Internet, o ID do produto (derivado da chave de produto da instalação) e as informações de hardware são enviados à Microsoft, no entanto, estas informações não são utilizadas para o identificar ou contactar. Para mais informações, consulte a Declaração de Privacidade. A resposta, o ID de confirmação, é devolvida ao computador para ativar o produto. Se optar por ativar o produto através da Internet e ainda não tiver uma ligação estabelecida, o assistente avisa-o de que não existe ligação.
  • Ativar utilizando o telefone     Pode telefonar para um Centro de Ativação e ativar o produto com a ajuda de um representante de suporte ao cliente.

 Importante   Os números do Centro de Ativação não estão listados neste artigo, porque existem muitos números e o número correto baseia-se em vários fatores. O utilizador pode obter software Microsoft com várias licenças, incluindo licenças de revenda individuais, licenças do fabricante de equipamento original (OEM) e licenças de volume. Os números de telefone variam consoante a licença de produto e o país/região. No passo 2 do Assistente de Ativação, utilize o número de telefone fornecido para contactar o Centro de Ativação da Microsoft. A ativação por telefone pode demorar mais tempo do que a ativação através da Internet. Deverá estar junto do computador quando efetuar a chamada e deverá ter a chave de produto do software à mão.

  1. No Assistente de Ativação, selecione o país/região onde reside e onde pretende utilizar o produto. O assistente fornece-lhe um ou mais números de telefone.
  2. Contacte o Centro de Ativação. O representante de suporte ao cliente solicita o ID de instalação (apresentado no ecrã) e outras informações importantes. Após a verificação do ID de instalação, receberá um ID de confirmação.
  3. No Assistente de Ativação, escreva o ID de confirmação na parte inferior do ecrã e prima ENTER.

 Nota   Os serviços de Telefone de Texto (TT/TTY) da Microsoft estão disponíveis para surdos ou para pessoas com problemas auditivos. Nos Estados Unidos, utilizando um modem TT/TTY, marque (800) 718-1599. Fora dos Estados Unidos, utilizando um modem TT/TTY, marque (716) 871-6859. O serviço TT/TTY só está disponível em inglês.

Início da Página Início da Página

Ativar utilizando Key Management Service (KMS)

Se estiver a utilizar a ativação Key Management Service (KMS), peça ajuda ao administrador de sistema. A ativação KMS ocorre em segundo plano. Não é necessária a intervenção do utilizador para efetuar a ativação. O código de erro na caixa de diálogo poderá indicar um motivo que explique o facto de o Office não estar ativado.

Início da Página Início da Página

Como saber se o software já foi ativado?

  1. Clique no separador Ficheiro.
  2. Clique em Ajuda.
  3. Se visualizar Produto Licenciado, o programa foi ativado.

Início da Página Início da Página

O que é a Multiple Activation Key (MAK)?

É fornecida uma Chave de Ativação Múltipla (MAK) exclusiva a cada organização para cada edição de volume do Microsoft Office. Cada computador tem, em seguida, de efetuar a ativação uma vez com os servidores de ativação alojados na Microsoft. Associada a esta chave, existe uma contagem do número de ativações. Por exemplo, uma chave MAK para um produto do Microsoft Office com 100 ativações permite que a organização instale a mesma chave em múltiplos computadores e utilize até 100 ativações no total.

A chave MAK é apropriada para organizações com computadores que não estão ligados à rede da empresa durante longos períodos de tempo como, por exemplo, os computadores portáteis. Para que isto funcione, a chave MAK tem de ser instalada, em vez da chave de cliente KMS predefinida utilizada em edições de licença de volume do Microsoft Office.

Com a ativação da chave MAK, não é necessário renovar periodicamente a ativação. Será necessário reativar se forem detetadas alterações de hardware significativas. Além disso, terá de pedir mais concessões de ativação depois de o número de ativações ultrapassar o limite pré-determinado. Tem de gerir a instalação de chaves MAK e a possível necessidade de ativar manualmente sistemas utilizando um telefone quando não existe uma ligação à Internet disponível.

Não há perda de funcionalidade mesmo que não seja possível renovar as licenças para clientes de MAK. Depois de uma ativação com êxito, os utilizadores deixam de receber notificações.

Início da Página Início da Página

O que é o Key Management Service (KMS)?

O Key Management Service (KMS) permite ativações de produtos na rede local. Isto elimina a necessidade de computadores individuais se ligarem à Microsoft para ativação de produtos. É necessário configurar um computador como um anfitrião KMS. O administrador tem de introduzir uma chave de anfitrião KMS para o anfitrião KMS. A chave de anfitrião KMS tem de ser ativada e ligar-se uma vez aos servidores alojados da Microsoft para efetuar a ativação.

Por predefinição, já se encontra instalada a chave de cliente KMS nas edições de volume do Microsoft Office. Os computadores que executam edições de volume do Microsoft Office através de uma chave de cliente KMS são denominados clientes KMS e estabelecem a ligação a um anfitrião KMS da organização para pedir a ativação. Não é necessária a intervenção do utilizador final e não é necessário introduzir uma chave de produto em clientes KMS. O administrador de sistema tem de ativar o anfitrião KMS com a Microsoft e configurar o anfitrião. O cliente KMS também pode ser configurado para períodos variáveis de reativação e de renovação.

Se um cliente KMS não conseguir efetuar a ativação, o utilizador final visualizará uma caixa de diálogo de notificação 25 dias após a instalação do Microsoft Office. Se um cliente KMS estiver ausente da rede por mais de 180 dias após uma ativação com êxito, o utilizador visualizará notificações de não licenciamento e uma barra de título vermelha quando iniciar o Microsoft Office. No entanto, não haverá perda de funcionalidade mesmo que as licenças dos clientes KMS não possam ser renovadas. Depois de uma ativação com êxito, os utilizadores deixam de receber notificações.

Os clientes KMS do Microsoft Office fazem a ativação estabelecendo a ligação a um anfitrião KMS com base na topologia cliente–servidor. Os clientes KMS podem localizar anfitriões KMS utilizando o Sistema de Nomes de Domínio (DNS) ou definindo o nome do anfitrião KMS no registo. Os clientes KMS contactam o anfitrião utilizando uma chamada de procedimento remoto (RPC). O processo de ativação é invisível ao utilizador final e não exige interação.

Início da Página Início da Página

 
 
Aplica-se a:
Access 2013, Excel 2013, InfoPath 2013, OneNote 2013, Outlook 2013, PowerPoint 2013, Project Professional 2013, Project Standard 2013, Publisher 2013, Visio 2013, Visio Professional 2013, Word 2013, Access 2010, Excel 2010, InfoPath 2010, OneNote 2010, Outlook 2010, PowerPoint 2010, Project 2010, Publisher 2010, SharePoint Designer 2010, SharePoint Workspace 2010, Visio 2010, Word 2010