Acções de fluxo de trabalho no SharePoint Designer 2010: Guia de referência rápida

Utilize este guia de referência rápida para obter rapidamente uma noção das acções de fluxo de trabalho disponíveis no Microsoft SharePoint Designer 2010.

Neste tópico


Acções de fluxo de trabalho no SharePoint Designer 2010

Existem duas formas de ver a lista de acções de fluxo de trabalho no SharePoint Designer 2010. Durante a edição de um fluxo de trabalho:

  • No separador Fluxo de Trabalho, no grupo Inserir, clique em Condições para abrir a lista de acções de fluxo de trabalho.
  • Em alternativa, pode clicar no interior de um passo de fluxo de trabalho, na caixa de pesquisa apresentada escreva as palavras existentes no nome da condição pretendida, tal como adicionar e, em seguida, prima Enter. As acções e condições que contêm as palavras escritas são apresentados abaixo da caixa de texto.

Introduzir palavras-chave no passo de fluxo de trabalho e premir Enter para ver a lista de acções relacionadas

As acções disponíveis para o utilizador durante a criação do fluxo de trabalho dependem do contexto do fluxo de trabalho. Por exemplo, as acções Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários não estão disponíveis para os sites baseados no Microsoft SharePoint Foundation 2010. Algumas acções de lista estão disponíveis apenas no interior de um passo de representação e outras estão disponíveis apenas quando o fluxo de trabalho está associado a um tipo de conteúdo de documento. As acções de lista que trabalham no item actual, tais como Definir Estado de Aprovação do Conteúdo e Definir Campo no Item Actual não estão disponíveis num fluxo de trabalho de site.

As acções são organizadas em categorias com base na sua área de aplicação num fluxo de trabalho. Por exemplo, as acções que afectam o comportamento de um item são listadas em Acções de Lista; as acções pertinentes para conjuntos de documentos em Acções do Conjunto de Documentos; e as acções de fluxo de trabalho em Acções Personalizadas. As categorias para acções são:

  • Acções Principais
  • Acções do Conjunto de Documentos; apresentada apenas quando o fluxo de trabalho está associado a uma biblioteca ou ao tipo de Conteúdo do documento.
  • Acções de Lista
  • Acções Relacionais; apresentada apenas quando o site SharePoint está a executar o SharePoint Server 2010.
  • Acções da Tarefa; apresentada apenas quando o site SharePoint está a executar o SharePoint Server 2010.
  • Acções de Comportamento da Tarefa; apresentada apenas quando personaliza tarefas em acções de fluxo de trabalho previamente criadas, tais como Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários.
  • Acções de Utilitários

Início da Página Início da Página

Acções Gerais

As acções gerais são as acções apresentadas na lista Acções independentemente do contexto de fluxo de trabalho.

Acção Descrição
Acções Principais Lista as acções mais utilizadas num fluxo de trabalho.
Adicionar um comentário

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Comentário: comentário texto. Utilize esta acção para deixar comentários informativos no estruturador de fluxos de trabalho para efeitos de referência. Isto é particularmente útil quando existem outros utilizadores a co-criar o fluxo de trabalho. Por exemplo, se uma variável no fluxo de trabalho actual não tiver um nome fácil de utilizar, poderá utilizar esta acção para adicionar um comentário para indicar o que faz a variável no fluxo de trabalho.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Comentário: Esta variável fornece o departamento para o iniciador de fluxos de trabalho.

 Nota    Qualquer pessoa a editar o fluxo de trabalho no Microsoft Visio 2010 também conseguirá ver os comentários.

Adicionar Hora à Data

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Adicionar 0 minutos à data (Exportar para variável:data). Utilize esta acção para adicionar um tempo específico em minutos, horas, dias, meses ou anos a uma data e armazenar o valor de saída sob a forma de variável. A data pode ser uma data actual, data específica ou uma pesquisa.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Adicionar 7 dias ao Item Actual:Modificado (Exportar para: Variável: Uma semana a partir de Modificado)

Efectuar Cálculo

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Calcular valor mais valor (exportar para Variável: calc). Utilize esta acção para executar um cálculo, tal como adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir dois valores e armazenar o valor de saída numa variável.

Em seguida, são apresentados exemplos daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

  • Calcular 36 dividido por 9 (Exportar para Variável:Número de Widgets)

Calcular [fx :: Cursos*, Lugares Preenchidos] mais 1 (Exportar para Variável: Novos Lugares Preenchidos)

Registar na Lista do Histórico

Utilize esta acção para registar uma mensagem sobre o fluxo de trabalho na respectiva lista Histórico. Uma mensagem pode ser um resumo de um evento de fluxo de trabalho ou qualquer coisa significativa sobre o fluxo de trabalho. A lista do histórico de fluxos de trabalho pode ser útil na resolução de problemas do fluxo de trabalho.

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Registar esta mensagem lista do histórico de fluxos de trabalho. Utilize esta acção para registar aquilo que um fluxo de trabalho efectuou em determinada instância do seu ciclo de vida. Por exemplo, pode registar uma mensagem que diz Copiado para a lista A ou Mensagem de correio electrónico enviada para os revisores. Quando o fluxo de trabalho é concluído com êxito, pode ir para a lista Histórico de Fluxos de Trabalho do do fluxo de trabalho e ver a apresentação das mensagens na coluna Descrição.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Registar Definição da variável do modelo Uma semana a partir de na lista do histórico de fluxos de trabalho

 Nota   Se pretender uma acção que pára o fluxo de trabalho e, em seguida, regista uma mensagem na lista Histórico, utilize alternativamente a acção Parar Fluxo de Trabalho.

Pausa na Duração

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Pausa durante 0 dias, 0 horas, 5 minutos. Utilize esta acção para colocar em pausa o fluxo de trabalho durante um tempo específico em dias, horas ou minutos.

 Nota    O tempo de atraso é determinado pelo intervalo entre tarefas de temporizador, que tem como valor predefinido cinco minutos.

Pausa até à Data

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Pausa até esta hora. Utilize esta acção para colocar em pausa o fluxo de trabalho até uma data específica. Pode adicionar uma data actual, uma data específica ou uma pesquisa.

Em seguida, são apresentados exemplos daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

  • Pausa até 1/1/2010 12:00:00

Pausa até Variável: Uma semana a partir de Modificado

Enviar uma Mensagem de Correio Electrónico

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Enviar uma mensagem de correio electrónico para estes utilizadores. Utilize esta acção para enviar uma mensagem de correio electrónico para um utilizador ou para um grupo. Utilizado frequentemente para enviar uma mensagem de correio electrónico de confirmação para os participantes do fluxo de trabalho. Os destinatários de correio electrónico podem ser um utilizador ou um grupo na colecção de sites ou qualquer pessoa na sua organização. Pode agora especificar facilmente um valor dinâmico no assunto, tal como uma pesquisa ou uma cadeia de caracteres.

 Importante    O correio electrónico a enviar tem de ser configurado na Administração Central do SharePoint.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Enviar uma Mensagem de Correio Electrónico Variável: aprovadores

Definir Hora do Campo Data/Hora

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Definir hora como 00:00 para data (Saída para Variável: data). Utilize esta acção para criar um carimbo de data/hora e armazenar o valor de saída numa variável. Pode definir o tempo em horas e minutos e adicionar uma data actual, especificar a data ou uma pesquisa. Por exemplo, suponha que pretende adicionar um carimbo de data/hora a quaisquer novas encomendas do cliente que sejam adicionadas a uma lista de encomendas. Em vez de utilizar a hora actual da encomenda recebida no carimbo de data/hora, pretende adicionar uma hora específica para o fluxo de trabalho poder efectuar qualquer acção em todos os novos itens com o mesmo carimbo de data/hora, tal como encaminhar encomendas para o armazém. Noutro exemplo, suponha que tem uma apresentação às 9:00 de determinado dia e pretende ter um lembrete por correio electrónico. Pode utilizar esta acção para adicionar a hora à data, colocar em pausa o fluxo de trabalho até ao dia anterior à apresentação e, em seguida, fazer com que o fluxo de trabalho envie um lembrete.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Definir hora como 00:00 para Item Actual::Modificado (Saída para variável de tempo Modificado definida como meia-noite)

Definir Estado do Fluxo de Trabalho

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Definir o estado do fluxo de trabalho como Cancelado. Utilize esta acção para definir o estado do fluxo de trabalho. As opções predefinidas são Cancelado, Aprovado e Rejeitado.

Pode introduzir um novo valor de estado na lista pendente na acção. Uma vez introduzido um valor de estado, a entrada é adicionada automaticamente à lista pendente. Por exemplo, pode introduzir um estado que seja mais fácil de utilizar e informativo do que Concluído ou Cancelado, tal como Relatório de Despesas Aprovado.

 Notas 

  • Não é possível mudar o nome ou eliminar um valor de estado depois de ter sido criado. No entanto, não tem de o utilizar.
  • Um estado personalizado só é aplicável ao fluxo de trabalho actual e não pode ser utilizado noutro fluxo de trabalho.
  • Um fluxo de trabalho não pode utilizar valores de estado personalizados que defina na acção se a acção for utilizada num passo de representação.

Se a acção Definir Estado do Fluxo de Trabalho for o último passo no fluxo de trabalho onde também utilizou um valor personalizado, poderá ver o valor personalizado na coluna Estado na lista quando o fluxo de trabalho for colocado em pausa ou concluído.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Definir o estado do fluxo de trabalho como estado Especificação: Pronto para Revisão da Estrutura

Definir Variável do Fluxo de Trabalho

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Definir variável do fluxo de trabalho como valor. Utilize esta acção para definir uma variável de fluxo de trabalho como um valor. Utilize esta acção quando pretender que o fluxo de trabalho atribua dados a uma variável.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Definir Variável: Total do relatório de despesas como Item Actual:Total

Parar Fluxo de Trabalho

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Parar fluxo de trabalho e registar esta mensagem. Utilize esta acção para parar a instância actual do fluxo de trabalho e registar uma mensagem na lista Histórico de Fluxos de Trabalho. A mensagem que especificar na acção será apresentada na coluna Descrição no Histórico de Fluxos de Trabalho quando o fluxo de trabalho for concluído.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Parar fluxo de trabalho e registar Fluxo de Trabalho excedeu a duração máxima

Acções de Lista

Esta categoria de acções executa operações em itens de lista.

 Nota   Algumas acções nesta categoria são apresentadas apenas num contexto de fluxo de trabalho específico. Por exemplo, algumas acções de lista só são apresentadas quando clica num passo de representação no fluxo de trabalho, enquanto outras só são apresentadas quando o fluxo de trabalho é anexado a um tipo de conteúdo de documento. Para mais informações, consulte a secção “Acções disponíveis num passo de representação”.

Dar Entrada do Item

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Dar entrada do item em nesta lista com o comentário: comentário. Dá entrada de um item com saída dada.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Dar entrada do item em Relatórios de Despesa com o comentário: Relatório de despesas aprovado

 Nota   Só é possível dar entrada dos itens de uma biblioteca de documentos.

Dar Saída do Item

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Dar saída do item em nesta lista. Utilize esta acção para dar saída de um item.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Dar saída do item em Item Actual

 Notas 

  • Só é possível dar saída de itens de uma biblioteca no seu site

O fluxo de trabalho verifica se o item está com entrada dada antes de dar saída de um documento

Copiar Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Copiar item em esta lista para esta lista. Utilize esta acção para copiar um item de lista para outra lista. Se existir um documento no item de lista, o fluxo de trabalho também copia o documento para a lista de destino.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Copiar item em Item Actual para Pedidos de Arquivo

 Importante    Tem de ter pelo menos uma coluna semelhante nas listas de origem e de destino

Criar Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Criar item em a lista (Saída para Variável: criar). Utilize esta acção para criar um novo item de lista na lista que especificar. Pode indicar os campos e os valores no novo item.

Pode utilizar esta acção sempre que pretender que seja criado um novo item com informações específicas. Por exemplo, crie anúncios sempre documentos importantes relacionados com a empresa, tais como contratos, forem aprovados ou arquive os documentos.

 Nota    A variável de saída é o ID do item criado na lista.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Criar item em Encomendas (Saída para Variável: ID da Nova Encomenda)

Eliminar Item

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Eliminar item em esta lista. Utilize esta acção para eliminar um item.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Eliminar item em Documentos

Rejeitar Saída do Item

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Rejeitar saída do item em esta lista. Utilize esta acção se tiver um item com saída dada, tiverem sido efectuadas alterações ao item e pretender eliminar as alterações e dar entrada novamente do item.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Rejeitar saída do item em Documentos

Definir Estado de Aprovação do Conteúdo

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Definir estado de aprovação do conteúdo como este estado com comentários Se tiver a aprovação de conteúdo activada na lista, utilize esta acção para definir o campo do estado de aprovação de conteúdo para um valor como Aprovado, Rejeitado ou Pendente. Pode escrever um estado personalizado na acção.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Definir estado de aprovação do conteúdo como Aprovado com Boas perspectivas

 Notas 

  • A aprovação de conteúdo tem de ser activada na lista para poder utilizar esta acção.

A acção Definir Estado de Aprovação do Conteúdo funciona no item actual em que o fluxo de trabalho está a actuar, pelo que a acção não está disponível num fluxo de trabalho de site.

Definir Campo no Item Actual

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Definir campo como valor Utilize a acção para definir um campo no item actual como um valor.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Definir ID do Tipo de Conteúdo como Especificação

 Notas 

  • Se pretender colocar em pausa o fluxo de trabalho até alterar o valor do campo, utilize como alternativa a acção Aguardar Alteração do Campo no Item Actual.

A acção Definir Campo no Item Actual não está disponível quando está a trabalhar num fluxo de trabalho de site.

Actualizar Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Actualizar item em lista Utilize esta acção para actualizar um item de lista. Pode especificar os campos e os novos valores nesses campos.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Actualizar item em Documentos

Aguardar Alteração do Campo no Item Actual

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Aguardar que campo para valor igual. Esta acção coloca em pausa o fluxo de trabalho até o campo no item actual ter sido alterado para um novo valor.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Aguardar que Estado de Aprovação seja igual a 1;#Rejeitado

 Nota   Se pretender que o fluxo de trabalho altere o valor do campo, em vez de o fluxo de trabalho esperar que o campo seja alterado, utilize antes a acção Definir Campo no Item Actual.

Acções da Tarefa As acções nesta categoria são relativas a itens de tarefas.
Atribuir um Formulário a um Grupo

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Atribuir um formulário personalizado a estes utilizadores. Permite criar um formulário de tarefa personalizada com campos personalizados.

Pode utilizar esta acção para atribuir uma tarefa a um ou mais participantes ou grupos a pedir para executarem as respectivas tarefas. Os participantes fornecem as respostas nos campos do formulário de tarefa personalizado e, quando concluírem a tarefa, clicam em Tarefa Concluída no formulário.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Atribuir Relatório de Imobilizado a Marketing

 Nota    Não existe uma valor de retorno que identifique os dados da tarefa.

Atribuir um Item A Fazer

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Atribuir a fazer a estes utilizadores. Utilize esta acção para atribuir uma tarefa a cada um dos participantes, pedido-lhes que executem as suas tarefas e, em seguida, quando concluírem que clique no botão Tarefa Concluída nos seus formulários de tarefa.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Atribuir Submeter relatório de despesas a Marketing

Recolher Dados de um Utilizador

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Recolher dados de este utilizador (Saída para Variável: recolher). Utilize esta acção para atribuir uma tarefa ao participante, pedindo-lhe que forneça as informações necessárias num formulário de tarefa personalizado e clique no botão Tarefa Concluída no formulário da tarefa.

Esta acção tem uma cláusula de saída, o que significa que o fluxo de trabalho armazena as informações devolvidas pela acção numa variável correspondente. O ID do item de lista do item de tarefa concluído da acção é armazenado na variável recolher.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Recolher Relatório de despesas de Marketing (Saída para Variável: Relatório de Despesas de Marketing)

Acções de Utilitários

A maioria das acções nesta categoria podem ser utilizadas para extrair informações das cadeias de texto.

Pode cortar uma cadeia de texto e utilizá-la em vários cenários diferentes no fluxo de trabalho. Suponha que a sua empresa pretende colocar um carimbo em todos os documentos recebidos num formato de nome específico, tal como data_departamento (por exemplo, 07142009_vendas.docx) e pretende executar fluxos de trabalho que atribuam tarefas a um revisor com base na data nesse ficheiro. Poderá utilizar uma acção de utilitário para obter os 8 primeiros caracteres do nome do documento (07142009) e convertê-los numa data através de coerções de pesquisa para poder atribuir tarefas com essa data para conclusão.

Para mais informações sobre coerções de pesquisa, consulte a secção Consulte Também.

Extrair Subcadeia do Final da Cadeia de Caracteres

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Copiar 0 caracteres do final de cadeia de caracteres (Saída para Variável: subcadeia de caracteres). Utilize esta acção para copiar um número de n caracteres do final de uma cadeia de caracteres e armazenar o valor de saída numa variável. Tem de definir o número de caracteres que o fluxo de trabalho tem de copiar da cadeia de caracteres.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Copiar 15 caracteres do final de Item Actual:Nome (Saída para Variável: Copy15CharFromEndOfName)

Extrair Subcadeia do Índice da Cadeia

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Copiar de cadeia de caracteres, começando em 0 (Saída para subcadeia). Utilize esta acção para copiar todos os caracteres a começar no carácter n numa cadeia de caracteres e armazenar a saída numa variável.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Copiar de Item Actual:Nome, começando em 4 (Saída para Variável: CopyStringFromChar4)

Extrair Subcadeia do Início da Cadeia de Caracteres

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Copiar 0 caracteres do início de cadeia de caracteres (Saída para Variável: subcadeia). Utilize esta acção para copiar um número de ncaracteres do início de uma cadeia de caracteres e armazenar a saída numa variável. Tem de definir o número de caracteres que o fluxo de trabalho tem de copiar da cadeia de caracteres.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Copiar 15 caracteres do início de Item Actual:Nome (Saída para Variável: Copy15CharFromStartOfName)

Extrair Subcadeia da Cadeia a Partir do Índice com o Comprimento

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Copiar de cadeia de caracteres, começando em 0, 0 caracteres (Saída para Variável: subcadeia). Utilize esta acção para copiar um número de n caracteres começando num determinado carácter numa cadeia de caracteres e armazenar a saída numa variável. Tem de definir o número de caracteres que o fluxo de trabalho tem de copiar da cadeia de caracteres.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Copiar de Item Actual:Nome, começando em 4, 15 caracteres (Saída para Variável: Copyfrom Char4for15CharOfName)

Localizar o Intervalo Entre Datas

Esta acção é apresentada inicialmente num passo de fluxo de trabalho como Localizar minutos entre data e data (Saída para Variável: tempo). Utilize esta acção para calcular a diferença de tempo, em termos de minutos, horas ou dias, entre duas datas e armazenar a saída numa variável.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho.

Localizar minutos entre Item Actual:Modificado e Hoje (Saída para Variável: Última Modificação em Minutos)

Início da Página Início da Página

Acções disponíveis quando o site SharePoint utiliza o Microsoft SharePoint Server 2010

As acções como Iniciar Processo de Aprovação, Declarar Registo e Gestor de Pesquisas de um Utilizador só estão disponíveis quando o site SharePoint utiliza o SharePoint Server 2010.

Acção Descrição
Acções do Conjunto de Documentos

As acções nesta categoria são relativas a um conjunto de documentos. Um conjunto de documentos é uma pasta que armazena vários documentos. Num fluxo de trabalho, um conjunto de documentos é tratado como um item único.

 Nota    Para conseguir utilizar um conjunto de documentos na sua biblioteca, tem de adicionar o tipo de conteúdo Conjunto de Documentos da página de definições da sua biblioteca ao site SharePoint.

Iniciar Processo de Aprovação de Conjunto de Documentos

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Iniciar o processo Aprovação para o conteúdo deste Conjunto de Documentos com os utilizadores especificados por esta coluna. Inicia uma acção de aprovação num conjunto de documentos para utilizadores específicos.

Quando utiliza esta acção, o estado do conjunto de documentos e os documentos que constituem o conjunto de documentos são alterados, como, por exemplo, para Aprovado ou Rejeitado. Se tiver utilizado a acção Iniciar Processo de Aprovação num conjunto de documentos, só o estado do conjunto de documentos seria alterado.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Iniciar o processo Aprovação da lista de materiais para o conteúdo deste Conjunto de Documentos com os utilizadores especificados por Variável: Aprovadores da Lista de Materiais

Capturar uma versão do Conjunto de Documentos

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Capturar uma versão deste Conjunto de Documentos que inclui as versões tipo do conteúdo com comentários: comentário. Bloqueia a versão do conjunto de documentos que tem a versão dos documentos, principal e secundária, especificadas na acção.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Capturar uma versão deste Conjunto de Documentos que inclua as versões última principal do conteúdo com comentários: Última versão principal da Lista de Materiais

Enviar Conjunto de Documentos para Repositório

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Submeter Conjunto de documentos utilizando esta acção para este organizador de conteúdo de destino com esta explicação (Saída para Variável: submeter resultados do ficheiro). Permite mover ou copiar o conjunto de documentos para um repositório de documentos. Um repositório de documentos pode ser uma biblioteca no site SharePoint, ou um site autónomo como o Centro de Documentos, que encaminha registos para um destino específico com base em regras definidas pelo utilizador.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Submeter Conjunto de Documentos utilizando Copiar para RepositórioDocumentos:GUID com Copiar lista de materiais final para repositório (Saída para Variável: Copiar Conjunto de Documentos para repositório)

 Nota   Para conseguir definir regras e encaminhar documentos, primeiro tem de activar a funcionalidade do site Organizador de Conteúdo no site SharePoint. Para mais informações, consulte o tópico sobre como configurar o organizador de conteúdo para encaminhar registos na secção Consulte Também.

Definir Estado de Aprovação de Conteúdo para o Conjunto de Documentos

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Definir estado de aprovação do conteúdo como conteúdo deste Conjunto de Documentos para este estado com comentário. Utilize esta acção para definir a aprovação de conteúdo de um conjunto de documentos como Aprovado, Rejeitado ou Pendente.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Definir estado de aprovação do conteúdo deste Conjunto de Documentos como Aprovado com A lista de materiais está aprovada

 Nota   A aprovação de conteúdo tem de ser activada na lista para poder utilizar esta acção.

Acções da Tarefa

As seguintes acções são utilizadas nos cenários de aprovação. Existem duas acções de fluxo de trabalho previamente criadas nesta categoria:Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários. As acções previamente criadas são semelhantes a sub-fluxos de trabalho, o que significa que a lógica do fluxo de trabalho já está definida nas acções; tudo o que tem de fazer é fornecer as informações adequadas.

Estas acções são utilizadas nos fluxos de trabalho reutilizáveis globalmente Aprovação – SharePoint 2010 e Recolher Comentários - SharePoint 2010 fornecidos juntamente com o SharePoint Server 2010. Para obter informações sobre quando utilizar estes fluxos de trabalho e quando utilizar as acções, consulte a secção Quando utilizar as acções de aprovação deste artigo.

Também existe a acção Iniciar Processo de Tarefa Personalizado. Tem uma lógica incorporada mas, ao contrário das duas acções anteriores, não está previamente criada com aquilo que o fluxo de trabalho deverá efectuar em cada fase.

 Nota   Uma categoria de acções denominada Acções de Comportamento da Tarefa só é apresentada na lista de acções quando personalizar o comportamento de uma acção de aprovação, tal como Atribuir Item para Aprovação ou Atribuir Item para Comentários. Para mais informações sobre Acções de Comportamento da Tarefa, consulte a secção Acções disponíveis em acções de aprovação deste artigo.

Iniciar Processo de Aprovação

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Iniciar processo Aprovação em Item Actual com estes utilizadores. Encaminha um documento para aprovação. Os aprovadores podem aprovar ou rejeitar o documento, reatribuir a tarefa de aprovação ou pedir alterações.

A acção Iniciar Processo de Aprovação tem um comportamento semelhante ao de um fluxo de trabalho previamente criado: a lógica já está definida na acção. A acção tem várias fases diferentes incorporadas que definem os comportamentos de tarefa, os comportamentos do processo de tarefa, o registo no Registo de Histórico, notificações de correio electrónico e condições de conclusão. Apesar de a acção ter uma lógica previamente criada, continua a necessitar de informações da parte do utilizador, tal como os utilizadores (os revisores), a ordem pela qual as tarefas devem ser encaminhadas para os participantes, em série ou em paralelo, sendo o valor predefinido em série, e as datas para conclusão da tarefa.

Pode atribuir tarefas a participantes internos e externos na acção. Um participante externo pode ser um empregado na sua organização que não seja um utilizador na colecção de sites ou qualquer pessoa fora da sua organização

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Iniciar processo Comentários de Especificação em Item Actual com Variável: Revisores

Iniciar Processo de Comentários

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Iniciar processo Comentários em Item Actual com estes utilizadores. Utilize esta acção para atribuir itens de tarefa para comentários aos utilizadores numa ordem específica: em série ou em paralelo. O valor predefinido é em paralelo. Os utilizadores ou participantes de tarefa também podem reatribuir uma tarefa a outros utilizadores. Quando os utilizadores terminarem, podem clicar no botão Submeter Comentários para indicar a conclusão da tarefa.

A acção Iniciar Processo de Comentários tem um comportamento semelhante ao de um fluxo de trabalho previamente criado: a lógica já está definida na acção. A acção tem várias fases diferentes incorporadas que definem os comportamentos de tarefa, os comportamentos do processo de tarefa, o registo no Registo de Histórico, notificações de correio electrónico e condições de conclusão. Apesar de a acção de aprovação ter uma lógica previamente criada, continua a necessitar de informações da parte do utilizador, tal como os utilizadores (os revisores), a ordem pela qual as tarefas devem ser encaminhadas para os participantes, em série ou em paralelo, e as datas para conclusão da tarefa.

Pode atribuir tarefas a participantes internos e externos na acção. Um participante externo pode ser um empregado na sua organização que não seja um utilizador na colecção de sites ou qualquer pessoa fora da sua organização.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Iniciar processo Aprovação da Especificação em Item Actual com Variável: Aprovadores

Iniciar Processo de Tarefa Personalizado

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Iniciar processo Tarefa em Item Actual com estes utilizadores. A acção Iniciar Processo de Tarefa Personalizado é um modelo de processo de aprovação que pode utilizar se as acções de aprovação anteriores não satisfizerem as suas necessidades. Iniciar Processo de Tarefa Personalizado também permite a incorporação de lógica, mas ao contrário das outras duas acções de aprovação, não está previamente criada com o que o fluxo de trabalho deve efectuar em cada fase. Pode especificar as suas próprias acções e condições em comportamentos de tarefa ou condições de conclusão.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Iniciar processo Aprovação da Lição de Vídeo em Item Actual com Variável: Aprovadores

Acções de Lista Esta categoria de acções executa operações em itens de lista.
Declarar Registo

Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como Declarar este item como um registo. Utilize esta acção para identificar um documento como um registo e aplicar as definições de restrições de registos que possa ter definido na página Definições da Declaração de Registo no seu site SharePoint.

Pode estabelecer as definições da declaração de registo no site de nível superior na sua colecção de sites. As definições da declaração de registo governam a forma como os registos são tratados, como, por exemplo, se podem ser editadas ou eliminadas, quais os metadados aplicados ao registo e qual a política de retenção do registo. As definições da declaração de registo especificam as restrições que devem ser aplicadas depois de um item ser declarado como um registo, os perfis de utilizador que podem declarar registos e se a declaração de registo está disponível para todos os utilizadores do site.

Anular Declaração de Registo

Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como Anular declaração do item como um registo. Utilize esta acção para anular quaisquer definições de declaração de registo que sejam aplicadas a um registo.

Pode estabelecer as definições da declaração de registo no site de nível superior na sua colecção de sites. As definições da declaração de registo governam a forma como os registos são tratados, como, por exemplo, se podem ser editadas ou eliminadas, quais os metadados aplicados ao registo e qual a política de retenção do registo. As definições da declaração de registo especificam as restrições que devem ser aplicadas depois de um item ser declarado como um registo, os perfis de utilizador que podem declarar registos e se a declaração de registo está disponível para todos os utilizadores do site.

Acções Relacionais A acção nesta categoria permite utilizar a relação entre um utilizador e o gestor do utilizador.
Gestor de Pesquisas de um Utilizador

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Localizar Gestor de este utilizador (saída para Variável: gestor). Utilize esta acção para pesquisar o gestor de um utilizador. Em seguida, o valor de saída é armazenado numa variável.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Localizar Gestor de Contexto de Fluxo de Trabalho:Iniciador (saída para Variável: gestor)

Início da Página Início da Página

Acções disponíveis em acções da tarefa

As acções como Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários podem ser utilizadas nos fluxos de trabalho para atribuir itens de lista para aprovação ou comentários. Estas acções estão previamente criadas, o que significa que grande parte da lógica do fluxo de trabalho já está definida na acção; é necessário fornecer as informações adequadas, tais como os aprovadores ou os revisores.

 Nota   Se as acções anteriores não satisfizerem as suas necessidades, poderá personalizá-las no browser, no SharePoint Designer 2010 e nos ambientes de desenvolvimento compatíveis com o SharePoint, tais como o Visual Studio. Também pode personalizar a acção Iniciar Processo de Tarefa Personalizado com as mesmas ferramentas. Esta acção é um modelo que pode ser utilizado para definir os seu próprio processo para a sua organização.

Quando personaliza o comportamento da tarefa nas acções, tais como Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários, fica disponível uma nova categoria de acções denominada Acções de Comportamento da Tarefa.

 Nota    As acções disponíveis na categoria variam consoante o seu contexto num fluxo de trabalho.

Acção Descrição
Terminar Processo da Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Terminar Processo da Tarefa. Termina o processo de tarefa. Em seguida, o fluxo de trabalho principal continua para a acção seguinte.
Definir Estado de Aprovação de Conteúdo (como autor)

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Definir a aprovação de conteúdo do item em que o processo da tarefa está em execução como este estado (executar como o autor de fluxo de trabalho). Permite definir o estado de aprovação do item de lista como Aprovado, Rejeitado ou Pendente utilizando as permissões do autor de fluxo de trabalho e não o iniciador de fluxo de trabalho. Normalmente, é utilizado se a pessoa que inicia um fluxo de trabalho de aprovação não tiver as permissões para aprovar um documento.

O item de lista é o item em que a acção está actualmente a ser executada. Pode ou não ser o item em que o fluxo de trabalho está a ser executado.

 Nota    A aprovação de conteúdo tem de ser activada na lista à qual o fluxo de trabalho está associado.

Esperar por Alteração no Item do Processo da Tarefa Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como Esperar por uma alteração no item em que o processo da tarefa está a ser executado. Utilize esta acção para o fluxo de trabalho colocar em pausa o processo de tarefa até o valor ser alterado no item em que o processo de aprovação está actualmente a ser executado.
Esperar pela Eliminação do Item do Processo da Tarefa Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como Esperar pela eliminação do item em que o processo da tarefa está a ser executado. Utilize esta acção para o fluxo de trabalho colocar em pausa o processo de tarefa até ser eliminado um valor no item de tarefa em que o processo de aprovação está actualmente a ser executado.
A seguinte acção só é apresentada quando estiver a personalizar a acção Iniciar Processo de Aprovação, clicar em Alterar o comportamento de uma única tarefa e, em seguida, clicar no passo Antes de uma Tarefa ser Atribuída.
Definir Campo de Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Definir campo de Tarefa para valor. Utilize esta acção para definir um campo no item de tarefa actual para um valor. Pode ser utilizado numa tarefa que ainda não tenha sido criada.
As seguintes acções só são apresentadas quando estiver a personalizar a acção Iniciar Processo de Aprovação, clicar em Alterar o comportamento de uma única tarefa e, em seguida, clicar no passo Quando uma Tarefa estiver Pendente ou Quando uma Tarefa Expirar.
Rescindir Tarefa Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como então Rescindir esta tarefa. Conclui a tarefa sem um resultado.
Acrescentar Tarefa Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como então Acrescentar uma nova tarefa e atribuir a este utilizador. Será atribuída uma nova tarefa ao utilizador especificado na acção, no final da fase actual na acção de aprovação. Se a fase actual tiver sido Luciana;Isabel;João, então acrescentar uma tarefa a Isabel mudaria para Luciana;Isabel;João;Isabel.
Delegar Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Delegar esta tarefa a este utilizador. A tarefa atribuída ao utilizador actual é rescindida e a tarefa é em seguida atribuída ao novo utilizador, independentemente de se tratar de um único utilizador ou um grupo.
Escalar Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Escalar esta tarefa para o gestor do detentor actual. Não existem variáveis a definir para esta acção. A tarefa +e atribuída ao gestor do utilizador actualmente atribuído à tarefa.
Reencaminhar Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Reencaminhar esta tarefa para este utilizador. A tarefa atribuída ao utilizador actual é rescindida e, em seguida, a tarefa é atribuída ao novo utilizador. Se o novo utilizador for um grupo e não um único utilizador, é criada uma tarefa para cada membro no grupo. Isto é diferente do que sucede na acção Delegar Tarefa em que uma tarefa é criada mesmo que o utilizador seja um grupo.
Inserir Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Inserir uma tarefa atribuída a este utilizador. Insere uma nova fase após a fase actual no processo de aprovação em que o utilizador especificado na acção é o único participante.
Reatribuir Tarefa Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Reatribuir esta tarefa a este utilizador. Reatribui a tarefa a outro utilizador.
Pedir uma Alteração Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Pedir uma alteração de este utilizador. Utilize esta acção para pedir uma alteração de um utilizador e obter uma nova tarefa de volta para o utilizador actual quando a alteração for concluída.
Enviar Correio Electrónico da Tarefa

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como então Enviar correio electrónico para estes utilizadores. Utilize esta acção para incluir o botão Editar Tarefa na mensagem de correio electrónico enviada para os utilizadores específicos.

 Nota   Esta acção também é apresentada quando clicar em Na Conclusão da Tarefa.

Início da Página Início da Página

Quando utilizar as acções de aprovação e comentários?

No Microsoft Office SharePoint Designer 2007, foram utilizadas acções de tarefas em cenários de aprovação. Com fluxos de trabalho reutilizáveis previamente criados no SharePoint Server 2010, tais como Aprovação - SharePoint 2010 e Recolher Comentários – SharePoint 2010, estará a perguntar em que diferem das acções de tarefas Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários. Apesar de ambas as acções de tarefas e de os fluxos de trabalho previamente criados poderem ser utilizados na recolha de comentários e cenários de aprovação, os fluxos de trabalho previamente criados fornecem uma solução mais sofisticada e completa.

Se os fluxos de trabalho previamente criados não satisfizerem as suas necessidades, poderá personalizá-los com o SharePoint Designer 2010. Se a personalização de um fluxo de trabalho previamente criado para satisfazer as suas necessidades representar mais trabalho do que criar um novo fluxo de trabalho, poderá aproveitar as acções Iniciar Processo de Aprovação e Iniciar Processo de Comentários no fluxo de trabalho. Se pretender a estrutura que estas acções fornecem, mas não a funcionalidade, poderá utilizar a acção Iniciar Processo de Tarefa Personalizado.

As acções de tarefas podem ser utilizadas num cenário que não tem necessariamente de respeitar um processo de aprovação de maior dimensão. Por exemplo, enviar lembretes para os empregados para preencherem folhas de horas.

Consulte a seguinte tabela para conhecer as informações comparativas entre as acções de tarefa e aprovação:

Funcionalidade Acções da Tarefa Fluxos de Trabalho Reutilizáveis Previamente Criados
Número de utilizadores envolvidos no processo Um único utilizador ou grupo por acção de tarefa Podem ser envolvidos vários utilizadores em várias fases de atribuição. Uma fase de atribuição permite especificar duas coisas: se o processo de tarefa deve ser executado em série ou em paralelo e os utilizadores ou participantes na tarefa a quem a tarefa será atribuída.
Lógica do fluxo de trabalho pré carregada As acções de tarefas não têm lógica incorporada. Tem de utilizar outras acções e condições para criar um mecanismo de aprovação ou comentários. Estes são os fluxos de trabalho equipados com lógica incorporada para proporcionar uma experiência de aprovação ou comentários do início ao fim. Pode utilizar a lógica predefinida ou personalizá-la para satisfazer as suas necessidades.
Ordem pela qual as tarefas são encaminhadas para os utilizadores Ordem paralela para um grupo e sem ordem aplicável para um utilizador único. As tarefas contidas nos fluxos de trabalho podem ser configuradas para ocorrerem em série ou em paralelo.
Enlace de dados relativamente às informações de tarefa

As acções de tarefas não são fornecidas com pesquisas prontas a utilizar.

Recolher dados de um utilizador é uma acção com uma cláusula de saída; os dados gerados no tempo de execução de um fluxo de trabalho são armazenados na variável na cláusula de saída. Em seguida, tem de utilizar esta variável no fluxo de trabalho em várias acções diferentes para criar um cenários de aprovação ou comentários por si só.

Estes fluxos de trabalho tiram partido das origens de dados, facilitando a personalização de um fluxo de trabalho para satisfazer as suas necessidades. As origens de dados incluem opções como: Item Actual, Parâmetros e Variáveis de Fluxo de Trabalho predefinidos, o contexto do fluxo de trabalho actual e Resultados de Tarefas.

Por exemplo, para enviar correio electrónico para a pessoa a quem a tarefa actual está atribuída, utilize a acção Enviar uma Mensagem de Correio Electrónico e configure a acção para enviar por correio electrónico a Tarefa Actual: Atribuído a

Funcionalidades especiais para os participantes na tarefa As acções de tarefas não têm quaisquer funcionalidades especiais para um participante na tarefa, tal como uma reatribuição de tarefas ou pedido de alteração. As acções de aprovação podem permitir a um participante na tarefa reatribuir a tarefa a outro utilizador ou pedir uma alteração da parte do proprietário do processo de tarefa com um único clique.
Conclusão de tarefa Os utilizadores têm de clicar no botão Tarefa Concluída para indicar a conclusão da tarefa. Pode adicionar mais botões significativos, tais como Aprovar e Rejeitar para indicar o resultado da tarefa no formulário de conclusão de tarefa.

Início da Página Início da Página

Acções disponíveis quando o fluxo de trabalho é associado a um tipo de conteúdo de documento

Algumas acções de fluxo de trabalho só estão disponíveis quando o fluxo de trabalho é associado a uma biblioteca, tal como Documentos Partilhados ou o tipo de conteúdo Documento.

Acção Descrição
Acções Principais
Enviar Documento para o Repositório

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Submeter Ficheiro utilizando esta acção para o router de destino com esta explicação (Saída para Variável: submeter resultado do ficheiro). Permite mover ou copiar o documento associado ao item de lista para um repositório de documentos. Um repositório de documentos pode ser uma biblioteca no site SharePoint, ou um site autónomo como o Centro de Documentos, que encaminha registos para um destino específico com base em regras definidas pelo utilizador.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Submeter Ficheiro utilizando Mover para o Arquivo:Valor DocumentID com O ficheiro está pronto para arquivo (Saída para Variável: Submeter ficheiro para arquivo)

 Nota   Para conseguir definir regras e encaminhar documentos, primeiro tem de activar a funcionalidade do site Organizador de Conteúdo no site SharePoint.

Acções do Conjunto de Documentos

As acções nesta categoria são relativas a um conjunto de documentos. Um conjunto de documentos é uma pasta que armazena vários documentos. Num fluxo de trabalho, um conjunto de documentos é tratado como um item único.

 Notas 

  • Para conseguir utilizar um conjunto de documentos na sua biblioteca, tem de adicionar o tipo de conteúdo Conjunto de Documentos da página de definições da sua biblioteca ao site SharePoint.
  • Os Conjuntos de documentos são uma funcionalidade do SharePoint Server 2010

Obtenha mais informações sobre Conjuntos de documentos na secção Acções disponíveis quando o site SharePoint utiliza o Microsoft SharePoint Server 2010 deste artigo.

Acções de Lista Esta categoria de acções executa operações em itens de lista.
Eliminar Rascunhos

Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como Eliminar todos os rascunhos (versões secundárias) do item. Elimina as versões de rascunho ou secundárias do item actual, se existirem. Não existem variáveis a definir para esta acção.

 Nota   O controlo de versões com versões secundárias tem de ser activado na lista do SharePoint.

Eliminar Versões Anteriores

Esta acção é apresentada nos passos de fluxo de trabalho como Definir todas as versões deste item. Elimina todas as versões anteriores do item actual, se existirem. Não existem variáveis a definir para esta acção.

 Nota    O controlo de versões tem de ser activado na lista do SharePoint.

Início da Página Início da Página

Acções disponíveis num passo de representação

Algumas acções de lista só estão disponíveis quando clica num passo de representação num fluxo de trabalho. Utilize os passos de representação para o fluxo de trabalho efectuar acções representando o autor do fluxo de trabalho em vez do iniciador do fluxo de trabalho. Os passos de representação são úteis em cenários como a aprovação e publicação, em que as pessoas que submetem conteúdo para aprovação e as pessoas que aprovam conteúdo têm diferentes permissões. Os passos de representação também são úteis na automatização das tarefas do administrador do site, tal como um fluxo de trabalho a atribuir automaticamente permissões aos utilizadores.

 Notas 

  • O autor do fluxo de trabalho é a pessoa que publicou o fluxo de trabalho pela última vez.
  • Os passos de representação não podem ser aninhados
Acção Descrição
Adicionar Permissões de Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Adicionar estas permissões ao item da lista. Concede as permissões dos níveis de permissão específicos para um item a utilizadores específicos.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Adicionar Contribuição, Ler ao item de Imagens

Herdar Permissões do Principal do Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Herdar permissões do principal do item de esta lista. Se o seu item tiver permissões exclusivas, poderá utilizar esta acção para que o item herde as permissões principais da lista.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Herdar permissões do principal do item de Imagens

Remover Permissões de Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Remover estas permissões do item de lista. Remove permissões de um item para utilizadores específicos.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Remover Contribuição do item de Imagens

Substituir Permissões de Item de Lista

Esta acção é apresentada inicialmente nos passos de fluxo de trabalho como Substituir estas permissões do item de lista. Substitui as permissões actuais de um item pelas novas permissões que especificar na acção.

Em seguida, é apresentado um exemplo daquilo que poderá ser o aspecto num passo de fluxo de trabalho:

Substituir Leitura do item de Imagens

Início da Página Início da Página

Acções num fluxo de trabalho de site

Um fluxo de trabalho de site opera ao nível do site e não está anexado a um objecto como, por exemplo, um tipo de conteúdo ou item. Quando estiver a trabalhar num fluxo de trabalho de site, as acções que funcionam num item actual, tais como Definir Estado de Aprovação do Conteúdo e Definir Campo no Item Actual, não estarão disponíveis para o utilizador. Para mais informações sobre estas condições, consulte a secção Acções gerais deste artigo.

Início da Página Início da Página

 
 
Aplica-se a:
SharePoint Designer 2010