Introdução ao RSS

O RSS (Really Simple Syndication) é uma forma dos editores de conteúdo disponibilizarem notícias, blogues e outro conteúdo aos subscritores. Pode ver o conteúdo RSS no Microsoft Office Outlook 2007.

Neste artigo


O que é o RSS?

O RSS fornece uma forma cómoda dos editores de conteúdos distribuírem informações num formato padrão. Um formato de ficheiro XML padrão permite que as informações sejam editadas uma vez e vistas por vários programas diferentes, como, por exemplo, o Outlook. Um exemplo comum de conteúdo RSS são as fontes de informação, como, por exemplo, os títulos de notícias que são actualizados frequentemente.

A vantagem do RSS é a agregação num único local de todo o conteúdo de várias origens na Web. Já não tem de visitar vários Web sites para obter as informações mais recentes sobre os seus tópicos de interesse. Com o RSS, os resumos de conteúdos são-lhe fornecidos e, em seguida, decide quais os artigos que pretende ler clicando numa hiperligação.

Mensagem de RSS de exemplo

Normalmente, o conteúdo RSS e baseado em texto, editado por várias fontes, mas, sobretudo, pelos meios de comunicação ou Weblogs pessoais — também denominados por blogues. Um blogue pode ser comparado a um jornal online. Com o aumento da popularidade do RSS, estão a surgir novos tipos de conteúdo, incluindo conteúdo baseado em multimédia. A partilha deste tipo de conteúdo é denominada por blogcasting ou podcasting. Por exemplo, alguns meios de comunicação oferecem uma cópia áudio das suas notícias individuais.

O mecanismo de fornecimento do conteúdo RSS é conhecido como um Feed RSS. Existem milhões de Feeds RSS, que são compostos por títulos ou resumos breves de conteúdos com uma hiperligação para a origem. Os feeds também podem incluir o conteúdo completo, bem como anexos de praticamente qualquer tipo. Outros nomes para Feeds RSS são feeds Web, feeds XML, canais RSS e conteúdo sindicado.

De alguma forma, a maioria das pessoas tira partido dos programas de software cliente para ler os Feeds RSS. Estes programas são denominados por agregadores de RSS ou leitores de RSS. O Outlook inclui a funcionalidade de um agregador de RSS.


Descrição geral de RSS

Chamada 1  Depois de adicionar um Feed RSS ao Outlook, é apresentada uma pasta para o Feed RSS no Painel de Navegação. Quando abre a pasta, são apresentados os itens transferidos recentemente do Feed RSS. Estes itens podem conter apenas títulos com hiperligações em que pode clicar para ler o artigo completo.
Chamada 2  O Outlook confirma periodicamente se existem itens novos e actualizados no servidor do editor de RSS.
Chamada 3  Os itens novos e actualizados são transferidos para o Outlook, onde são apresentados na pasta associada ao Feed RSS. Estes itens RSS são abertos, lidos e eliminados tal como qualquer mensagem de correio electrónico. Pode mesmo mover, sinalizar ou reencaminhar as informações para outros utilizadores.

Os editores de RSS utilizam os seus próprios feeds como forma de personalização dos conteúdos para os leitores e para fornecer hiperligações para os seus Web sites. Para o utilizador, os Feeds RSS são uma forma fácil de se manter actualizado com os Web sites, notícias ou blogues que lê frequentemente. Em vez de navegar na Web para vários Web sites, as notícias ou actualizações mais recentes desses sites são-lhe enviadas automaticamente. Os Feeds RSS são como ter um assistente pessoal que recorta títulos ou escreve breves resumos do conteúdo da Web, poupando-lhe tempo. Pode ver rapidamente quais os itens que lhe interessam e, em seguida, decidir quais os artigos que pretende ler integralmente.

Como os Feeds RSS são opcionais e baseados em subscrições, os conteúdos novos fornecidos pertencem apenas aos tópicos do seu interesse. Selecciona os Feeds RSS a subscrever e decide os Feeds RSS que pretende cancelar.

Uma das vantagens de subscrever um Feed RSS em relação à inscrição num boletim por correio electrónico ou uma lista de correio é não ter de fornecer a ninguém o seu nome, endereço de correio electrónico ou outras informações pessoais. O editor de conteúdos não tem forma de contactar o utilizador, excepto através dos Feeds RSS, uma vez que não tem o seu endereço de correio electrónico. Também não pode passar as suas informações a mais ninguém. Para mais informações, consulte a secção Preocupações de privacidade mais à frente neste artigo.

Actualmente, a maior parte dos Feeds RSS são grátis. No entanto, alguns conteúdos referenciados ou para os quais existem hiperligações no Feed RSS, poderão requerer uma taxa de acesso. O simples acto de subscrever um Feed RSS no Outlook nunca exige qualquer taxa. Se acontecer pedir conteúdos pelos quais é necessário pagar, primeiro é notificado do encargo e, em seguida, é-lhe pedido que submeta as informações de pagamento para editor de conteúdos. Pense no Outlook como se fosse a televisão. Pode assistir a alguns canais gratuitamente e tem de pagar para assistir a outros. Se sintonizar um canal que tem de ser pago, não obtém qualquer imagem nem tem de pagar, a menos que contacte o fornecedor do serviço e estabeleça um contrato de pagamento.

Início da Página Início da Página

Localizar Feeds RSS

Se já souber o endereço Web de um Feed RSS, também denominado URL, pode introduzir o URL para um Feed RSS directamente no Outlook. Para começar de imediato, consulte o tópico Adicionar um Feed RSS na secção Consulte Também.

No entanto, se não estiver familiarizado com o RSS ou se pretender aumentar a sua colecção de Feeds RSS, pode descobrir novos Feeds RSS de várias formas. Em alguns Web sites, poderá ver os botões Imagem de botão ou Botão RSS ou Botão XML. Quando clica nestes botões em alguns browsers como, por exemplo, o Microsoft Windows Internet Explorer 7, pode subscrever o feed associado.

Os utilizadores do Outlook podem partilhar Feeds RSS individuais. Quando recebe uma mensagem de correio electrónico de partilha de RSS, pode adicionar automaticamente o feed à sua própria lista de Feeds RSS.

Se tiver amigos que já utilizam o RSS, estes podem exportar algumas ou todas as informações de Feeds RSS para ficheiros .opml e enviar-lhe. Esta é uma excelente forma de conseguir um avanço na criação da sua colecção de Feeds RSS. Em seguida, pode importar as informações para o Outlook e seleccionar os Feeds RSS que pretender.

Também pode encontrar Feeds RSS utilizando um site de pesquisa de feeds. Existem vários sites da Internet que contêm extensas listas de Feeds RSS disponíveis, como, por exemplo, Syndic8.com e Search 4 RSS.

Início da Página Início da Página

Ver Feeds RSS

Um programa denominado leitor de RSS, leitor de feed ou agregador de feed pode consultar periodicamente sites com capacidade de RSS para obter conteúdos actualizados. De alguma forma, a maioria das pessoas tira partido do software cliente para ler os respectivos Feeds RSS. Estes programas são referidos como agregadores de RSS. O Outlook inclui a funcionalidade de um agregador de RSS. Os itens de RSS que recebe são muito semelhantes a uma mensagem de correio electrónico. Podem ser movidos para pastas, sinalizados ou reencaminhados para outra pessoa.

Início da Página Início da Página

Obter actualizações de conteúdo

Quando subscreve um Feed RSS, o Outlook confirma periodicamente a existência de publicações actualizadas no servidor do editor de RSS. A frequência com que esta confirmação ocorre é determinada por uma de duas definições, uma recomendação do editor de RSS ou as definições do Grupo de Envio/Recepção. Para mais informações sobre como alterar as definições dos Feeds RSS que subscreveu, consulte a secção Consulte Também.

Os editores de RSS podem especificar a frequência máxima de verificação de novas publicações. Eles definem estes limites para ajudar a gerir a procura nos respectivos servidores. Por exemplo, um Feed RSS poderá ter uma frequência máxima de verificação de 60 minutos. Alguns editores fazem aplicar rigidamente estes limites. Se um utilizador tentar confirmar a existência de actualizações com maior frequência do que o limite especificado, o editor de RSS poderá suspender temporariamente ou cancelar a subscrição desse utilizador.

A quantidade de conteúdos que recebe é baseada apenas no editor de RSS. Alguns feeds, como os feeds de títulos de notícias, poderão ter publicações mais frequentes e maiores volumes do que um blogue pessoal. Se alguma vez mudar de ideias em relação à subscrição de um Feed RSS, pode cancelar a subscrição de um RSS a qualquer momento.

Início da Página Início da Página

Feeds suportados

O RSS é a evolução de várias normas da Internet semelhantes para fornecimento de conteúdos. O RSS engloba várias normas, incluindo Rich Site Summary (RSS 0.91), RDF Site Summary (RSS 0.9, 1.0 e 1.1) e Really Simple Syndication (RSS 2.0). Atom é outro esquema XML utilizado para distribuição de conteúdos.

O Outlook suporta todos os tipos referidos anteriormente, pelo que não é necessário conhecer a norma de um determinado Feed RSS. O Outlook12 suporta todas as normas RSS mais comuns.

Início da Página Início da Página

Preocupações de privacidade

A privacidade é uma grande preocupação quando se utiliza a Internet. A última coisa que pretende é receber spam adicional na caixa de correio ou que as suas informações pessoais sejam transmitidas para pessoas não autorizadas.

Quando subscreve um Feed RSS, não fornece o nome, endereço de correio electrónico nem outras informações pessoais. O editor de RSS não inicia qualquer ligação ao computador do utilizador. Só o computador do utilizador pode contactar o servidor do editor de RSS para executar actualizações de conteúdos. Ao fornecer o acesso, o editor de RSS pode identificar informações limitadas sobre o computador do utilizador, como, por exemplo, o endereço IP público — o endereço atribuído pelo fornecedor de serviços Internet (ISP, Internet service provider) — ou identificar o ISP que está a utilizar. O nome e o endereço de correio electrónico não são fornecidos. A inscrição de um Feed RSS é, aproximadamente, equivalente a visitar uma página Web para observar os conteúdos. As precauções que o Outlook toma para bloquear anexos não seguros e hiperligações suspeitas nas mensagens de correio electrónico, são as mesmas utilizadas para itens de RSS.

As hiperligações e anexos incluídos em itens recebidos num Feed RSS devem ser sempre identificados e analisados através de um programa antivírus.

Início da Página Início da Página

 
 
Aplica-se a:
Outlook 2007