Ligar a dados do SQL Server

Pode trabalhar com dados armazenados no SQL Server ligando-se ao mesmo ou importando os dados para uma base de dados do Access. A ligação poderá ser a melhor opção se partilhar os dados com outras pessoas, já que os dados são armazenados numa localização central e assim poderá visualizar os dados mais atuais, adicionar ou editar os dados e executar consultas ou relatórios no Access.

 Nota    Este artigo não se aplica às aplicações do Access, o novo tipo de base de dados que estrutura com o Access e publica online. Leia o artigo Criar uma aplicação do Access para mais informações.

Passo 1: Preparar a ligação

  1. Localize a base de dados do SQL Server pretende ligar. Se necessário, contacte o administrador da base de dados para obter informações de ligação.
  2. Identifique as tabelas e vistas que pretende ligar à base de dados SQL. Pode ligar a vários objetos de uma vez.

Reveja os dados de origem e tenha em consideração o seguinte:

  • O Access suporta até 255 campos (colunas) numa tabela e, como tal, a tabela ligada irá incluir apenas os primeiros 255 campos do objeto ao qual está a ligar.
  • As colunas que forem só de leitura numa tabela do SQL Server irão continuar a sê-lo no Access.
  1. Para criar a tabela ligada numa base de dados nova: clique em Ficheiro > Nova > Base de dados de ambiente de trabalho em branco. Se está a ponderar criar as tabelas ligadas numa base de dados do Access já existente, assegure-se de que possui as permissões necessárias para adicionar dados à base de dados.

 Nota    Uma tabela ligada criada numa base de dados do Access já existente fica com o mesmo nome do objeto de origem. Se já tiver outra tabela com o mesmo nome, será adicionado o número "1" ao nome da nova tabela ligada - por exemplo, Contactos1. (Se Contactos1 também já estiver a ser utilizado, o Access irá criar Contactos2 e assim sucessivamente.)

Passo 2: Ligar aos dados

Quando liga a uma tabela ou vista numa base de dados do SQL Server, o Access cria uma nova tabela (designada por tabela ligada) que reflete a estrutura e os conteúdos da tabela de origem. Pode alterar dados no SQL Server, ou na vista de Folha de Dados ou vista de Formulário a partir do Access. As alterações efetuadas aos dados numa localização refletem-se nas restantes. Contudo, se pretende efetuar alterações estruturais, tais como remover ou alterar uma coluna, terá de fazê-lo a partir da base de dados do SQL Server, e não a partir do Access.

  1. Abra a base de dados de destino do Access.
  2. No separador Dados Externos, clique em Base de Dados ODBC.
  3. Clique em Ligar à origem de dados criando uma tabela ligada > OK e siga os passos do assistente. Na caixa de diálogo Selecionar Origem de Dados; se o ficheiro .dsn que quer utilizar já existir, clique no ficheiro na lista.

MostrarPara criar um novo ficheiro .dsn:

Na caixa Selecionar Origem de Dados, clique em Novo > SQL Server> Seguinte.

  1. Escreva um nome para o ficheiro .dsn ou clique em Procurar.

 Nota    Tem de ter permissões de escrita na pasta para guardar o ficheiro .dsn.

  1. Clique em Seguinte para rever as informações de resumo e, em seguida, clique em Concluir.

Siga os passos do assistente para Criar uma Nova Origem de Dados para o SQL Server.


  1. Clique em OK e em Tabelas, clique em cada tabela ou visualize a tabela a que quer ligar e, em seguida, clique emOK.

Se a caixa de diálogo Selecionar Identificador Exclusivo do Registo for apresentada, significa que o Access não conseguiu determinar o campo ou campos que identificam exclusivamente cada linha de dados de origem. Neste caso, selecione o campo ou combinação de campos que seja exclusivo para cada linha e se tiver dúvidas, consulte o administrador da base de dados do SQL Server.

Quando a operação de ligação estiver terminada poderá ver as novas tabelas ligadas na Painel de Navegação.

Aplicar a estrutura mais recente de objetos SQL Server

Sempre que abrir uma tabela ligada ou o objeto de origem, estes irão apresentar os dados mais recentes. Contudo, se forem efetuadas alterações estruturais a um objeto SQL Server será necessário atualizar as tabelas ligadas para visualizar essas alterações.

  1. Clique com o botão direito do rato na tabela no Painel de Navegação e, em seguida, clique em Gestor de Tabelas Ligadas no menu de atalho.
  2. Selecione a caixa de verificação junto a cada tabela ligada que pretende atualizar, ou clique em Selecionar Tudo para selecionar todas as tabelas ligadas.
  3. Clique em OK > Fechar.

 Nota    Uma vez que os tipos de dados do Access diferem dos tipos de dados do SQL Server, o Access liga ao tipo de dados mais apropriados de cada coluna. No Access apenas poderá rever os tipos de dados atribuídos, não os poderá alterar.

Para mais informação, consulte o artigo sobre as formas de partilha uma base de dados do ambiente de trabalho do Access.

Início da Página Início da Página

 
 
Aplica-se a:
Access 2013