Alterar o valor inicial de um campo de numeração automática (MDB)

 Nota   As informações neste tópico aplicam-se apenas a uma base de dados (.mdb) do Microsoft Access.

Para uma nova tabela que não contenha registos, pode alterar o valor inicial de um campo Numeração automática (tipo de dados Numeração automática: numa base de dados do Microsoft Access é um tipo de dados de campo que armazena automaticamente um número exclusivo para cada registo à medida que este é adicionado a uma tabela. Podem ser gerados três tipos de números: sequencial, aleatório e ID de replicação.) que tenha a respectiva propriedade NovosValores definida como Incremento para um número diferente de 1. Para uma tabela que contenha registos, pode também utilizar este procedimento para alterar o valor seguinte atribuído a um campo Numeração automática para um novo número.

  1. Se a tabela original contém definições de propriedades que não permitem valores Nulo (Null: valor que pode ser introduzido num campo ou utilizado em expressões ou consultas para indicar dados em falta ou desconhecidos. No Visual Basic, a palavra-chave Null indica um valor nulo (Null). Alguns campos, tais como campos de chave primária, não podem conter um valor Null.) em campos, tem de alterar temporariamente estas propriedades. Estas definições incluem:
    • A propriedade do campo Necessário definida como Sim
    • A propriedade do campo Indexado definida como Sim (duplicação não autorizada)
    • Uma propriedade RegraDeValidação do campo e/ou registo que não permita valores Nulo em campos
  2. Crie uma tabela temporária com apenas um campo: um campo Número. Defina a propriedade TamanhoDoCampo desse campo como Número inteiro longo e atribua-lhe o mesmo nome do campo Numeração automática cujo valor deseja alterar.
  3. Na Vista de folha de dados (vista de folha de dados: vista que apresenta dados de uma tabela, formulário, consulta, vista ou procedimento armazenado num formato de linhas e colunas. Na vista de folha de dados é possível editar campos e adicionar, eliminar e pesquisar dados.), introduza um valor no campo Número que seja menos um (1) que o valor inicial que deseja para o campo Numeração automática. Por exemplo, se desejar que o campo Numeração automática comece em 100, introduza 99 no campo Número.
  4. Crie e execute uma Consulta Acrescentar (consulta Acrescentar: consulta de acção que adiciona os registos do conjunto de resultados de uma consulta ao final de uma tabela existente.) para acrescentar a tabela temporária à tabela cujo valor Numeração automática deseja alterar.

MostrarComo?

  1. Criar uma consulta que contenha a tabela cujos registos deseja acrescentar a outra tabela.

MostrarComo?

  1. Na janela da base de dados (janela de Base de Dados: no Access 2003 e versões anteriores, corresponde a uma janela apresentada quando se abre uma base de dados ou um projecto. A janela apresenta atalhos para a criação de novos objectos da base de dados e abertura de objectos existentes. Em versões posteriores, foi substituída pelo Painel de Navegação), clique em Consultas, Imagem de botão em Objectos e, em seguida, em Novo na barra de ferramentas da janela da base de dados.
  2. Na caixa de diálogo Nova consulta, clique em Vista de estrutura e, em seguida, em OK.
  3. Na caixa de diálogo Mostrar tabela, clique no separador que lista as tabelas ou consultas com cujos dados deseja trabalhar.
  4. Faça duplo clique no nome de cada objecto que deseja adicionar à consulta e, em seguida, clique em Fechar.
  5. Adicione campos à linha Campo na grelha de estrutura (grelha de estrutura: grelha utilizada para estruturar uma consulta ou um filtro na Vista de estrutura da consulta ou na janela Filtro/ordenação avançados. Nas consultas, esta grelha era anteriormente conhecida como grelha QBE.) e, se desejar, especifique os critérios (critérios: condições especificadas pelo utilizador para limitar os registos a serem incluídos no conjunto de resultados de uma consulta ou filtro.) e a sequência de ordenação.
  6. Para visualizar os resultados da consulta, clique em Ver Imagem de botão na barra de ferramentas.
  1. Na Vista de estrutura (vista de Estrutura: vista que apresenta a estrutura dos seguintes objectos da base de dados: tabelas, consultas, formulários, relatórios e macros. Na vista de Estrutura, é possível criar novos objectos da base de dados e modificar a estrutura de objectos existentes.) da consulta, clique na seta junto a Tipo de consulta Imagem de botão na barra de ferramentas e, em seguida, em Acrescentar. Aparece a caixa de diálogo Acrescentar.
  2. Na caixa Nome da tabela, escreva o nome da tabela à qual deseja acrescentar registos.
  3. Execute um dos seguintes passos:

Clique em Base de dados actual se a tabela fizer parte da base de dados actualmente aberta.

Se a tabela não fizer parte da base de dados actualmente aberta, clique em Outra base de dados e escreva o caminho da base de dados em que a tabela está armazenada ou clique em Procurar para localizar a base de dados. Também pode especificar um caminho para uma base de dados do Microsoft FoxPro, Paradox ou dBASE ou uma cadeia de ligação para uma base de dados SQL (base de dados SQL: base de dados baseada em linguagem de consulta estruturada (SQL, Structured Query Language).).

  1. Clique em OK.
  2. Arraste da lista de campos (lista de campos: janela que lista todos os campos na origem de registos ou objecto de base de dados subjacentes, excepto na Vista de estrutura da página de acesso a dados. Na Vista de estrutura da página de acesso a dados, lista todas as origens de registos e respectivos campos na base de dados subjacente.) para a grelha de estrutura (grelha de estrutura: grelha utilizada para estruturar uma consulta ou um filtro na Vista de estrutura da consulta ou na janela Filtro/ordenação avançados. Nas consultas, esta grelha era anteriormente conhecida como grelha QBE.) da consulta, os campos que pretende acrescentar, assim como os campos que deseja utilizar para definir critérios.

Se todos os campos de ambas as tabelas tiverem os mesmos nomes, basta arrastar o asterisco (*) para a grelha de estrutura da consulta. No entanto, se estiver a trabalhar numa réplica (réplica: cópia de uma base de dados membro de um conjunto de réplicas e que pode ser sincronizada com outras réplicas do conjunto. As alterações efectuadas nos dados de uma tabela replicada numa réplica são enviadas e aplicadas às outras réplicas.) da base de dados, em vez disso, vai necessitar de adicionar todos estes campos.

  1. Se tiver um campo com um tipo de dados (tipo de dados: característica de um campo que determina qual o tipo de dados que o mesmo pode conter. Os tipos de dados incluem o tipo de dados booleano, número inteiro, longo, moeda, simples, duplo, data, cadeia e variante (predefinição).) de numeração automática execute um dos seguintes passos:

MostrarAdicionar automaticamente os valores de numeração automática

Para fazer com que o Microsoft Access adicione automaticamente valores de numeração automática, não arraste o campo Numeração automática para a grelha de estrutura da consulta quando criar a consulta.

Através deste método, o Access acrescenta registos e insere automaticamente valores de numeração automática. O primeiro registo acrescentado tem um valor superior em uma unidade ao maior valor jamais introduzido no campo Numeração automática (mesmo que o registo que continha o valor mais alto de numeração automática tenha sido eliminado).

Utilize este método se o campo Numeração automática que está a acrescentar à consulta for uma chave primária (chave primária: um ou mais campos (colunas) cujos valores identificam única e exclusivamente cada registo numa tabela. Uma chave primária não permite valores nulos (Null) e tem de ter sempre um índice exclusivo. Uma chave primária é utilizada para relacionar uma tabela com as chaves externas noutras tabelas.) e se a tabela original e a tabela que está a acrescentar contiverem valores de numeração automática duplicados.

MostrarManter os valores de numeração automática da tabela original

Para manter os valores de numeração automática da tabela original, arraste o respectivo campo Numeração automática para a grelha de estrutura da consulta quando criar a consulta.

  1. Se os campos que seleccionou tiverem o mesmo nome em ambas as tabelas, o Microsoft Access preenche automaticamente o nome correspondente na linha Acrescentar a. Se os campos contidos nas duas tabelas não tiverem o mesmo nome, na linha Acrescentar a introduza os nomes dos campos na tabela à qual está a acrescentar.
  2. Na célula Critério dos campos que tiver arrastado para a grelha, escreva os critérios segundo os quais as adições vão ser efectuadas.
  3. Para pré-visualizar os registos que serão anexados pela consulta, clique em Ver Imagem de botão na barra de ferramentas. Para voltar à vista Estrutura da consulta, clique novamente em Ver Imagem de botão na barra de ferramentas. Efectue as alterações pretendidas na vista Estrutura.
  4. Clique em Executar Imagem de botão na barra de ferramentas para adicionar os registos.
  1. Elimine a tabela temporária.
  2. Elimine o registo adicionado pela consulta acrescentar.
  3. Se teve de desactivar as definições de propriedade no passo 1, reponha os respectivos valores originais.

Quando introduz um registo na tabela restante, o Microsoft Access utiliza um valor do campo Numeração automática, que é um (1) número maior que o valor introduzido na tabela temporária.

 
 
Aplica-se a:
Access 2003