Seguir o fluxo de caixa: cálculo de VPL e TIR no Excel

Você tem perdido o sono tentando descobrir a melhor maneira de maximizar a lucratividade e minimizar o risco em seus investimentos de negócios? Pare de rolar na cama. Relaxe e siga o fluxo.

Caixa, esta é a solução. Dê uma olhada em seu fluxo de caixa, ou o que entra e sai de sua empresa. O fluxo de caixa positivo é a medida de dinheiro entrando (vendas, juros obtidos, emissões de ações e assim por diante), enquanto que fluxo de caixa negativo é a medida de dinheiro saindo (compras, salários, impostos e assim por diante). O fluxo de caixa líquido é a diferença entre o fluxo de caixa positivo e o fluxo de caixa negativo e responde à maioria das perguntas corporativas: quanto dinheiro ainda resta?

Para ampliar seus negócios, você precisa tomar decisões fundamentais sobre onde investir seu dinheiro a longo prazo. O Microsoft Excel pode ajudá-lo a comparar opções e a fazer as escolhas certas, para que você fique sempre tranquilo.

Neste artigo


Fazendo perguntas sobre projetos de investimento de capital

Se quiser tirar o dinheiro da carteira, fazendo-o valer como capital e investi-lo em projetos que criem seus negócios, faça algumas perguntas sobre esses projetos:

  • Um novo projeto a longo prazo será lucrativo? Quando?
  • É melhor investir o dinheiro em outro projeto?
  • Devo investir ainda mais em um projeto em andamento ou chegou a hora de cortar minhas perdas?

Agora examine cada um desses projetos mais de perto e pergunte:

  • Quais são os fluxos negativos e positivos deste projeto?
  • Que impacto terá um grande investimento inicial e qual valor poderá ser considerado como excessivo?

No final, você realmente precisará de números de resultado que possa usar para comparar opções de projetos. Mas para chegar até eles, é preciso incorporar o valor temporal do dinheiro em sua análise.

Meu pai uma vez me disse, "Filho, é melhor pegar o seu dinheiro assim que possível e guardá-lo o máximo de tempo possível." Mais tarde, aprendi o porquê. Você pode investir esse dinheiro em taxas de juros compostas, o que significa que o seu dinheiro pode gerar mais dinheiro —  e depois mais. Em outras palavras, quando o dinheiro entra ou sai é tão importante como quanto dinheiro entra ou sai.

Início da página Início da página

Respondendo perguntas usando VPL e TIR

Existem dois métodos financeiros que você poderá usar para ajudá-lo a responder a essas perguntas: VPL (valor presente líquido) e TIR (taxa interna de retorno). VPL e TIR são conhecidos como métodos de fluxo de caixa descontados, porque fatoram o valor temporal do dinheiro na avaliação de seu projeto de investimento de capital. Ambos baseiam-se em uma série de pagamentos futuros (fluxo de caixa negativo), rendimento (fluxo de caixa positivo), perdas (fluxo de caixa negativo) ou "sem ganhos" (fluxo de caixa zero).

VPL

O VPL retorna o valor líquido de fluxos de caixa — representado em dólares atuais. Por causa do valor temporal do dinheiro, receber um dólar hoje vale mais do que receber um dólar amanhã. O VPL calcula o valor presente de cada uma das séries de fluxo de caixa e as soma para obter o valor presente líquido.

A fórmula do VPL é:

Equação

Onde n é o número de fluxos de caixa e i  é a taxa de juros ou de desconto.

TIR

O TIR baseia-se no VPL. Pense nele como um caso especial de VPL, onde a taxa de retorno calculada é a taxa de juros correspondente ao valor presente líquido 0 (zero).

NPV(IRR(values),values) = 0

Quanto todos os fluxos de caixa negativos ocorrem antes na sequência do que os fluxos de caixa positivos, ou quando a sequência de fluxos de caixa de um projeto contém somente um fluxo de caixa negativo, o TIR retorna um valor exclusivo. A maioria dos projetos de investimento de capital começa com um grande fluxo de caixa negativo (o investimento antecipado), seguido por uma sequência de fluxos de caixa positivos e, portanto, com um TIR exclusivo. No entanto, pode haver mais de um TIR aceitável, ou até nenhum, algumas vezes.

Comparando projetos

O VPL determina se um projeto ganha mais ou menos do que a taxa de retorno desejada (também chamada de taxa de retorno mínimo) e é boa para determinar se um projeto será lucrativo. O TIR vai um passo além do que o VPL para determinar uma taxa de retorno específica para um projeto. O VPL e o TIR oferecem a você números que podem ser usados na comparação de projetos concorrentes e para que faça a melhor escolha para sua empresa.

Início da página Início da página

Escolhendo a função do Excel apropriada

Que funções do Office Excel você pode usar para calcular VPL e TIR? Existem cinco: VPL, XVPL, TIR, XTIR e MTIR. Qual delas escolher dependerá do método financeiro preferido, se o fluxo de caixa ocorre em intervalos regulares e se os fluxos de caixa são periódicos.

Nota    Os fluxos de caixa são especificados como valores negativo, positivo ou zero. Quando usar essas funções, preste atenção em como manipulará fluxos de caixa imediatos que ocorrem no início do primeiro período e todos os outros fluxos de caixa que ocorrem nos finais de período.

Sintaxe da função Use quando desejar Comentários
VPL(taxa, valor1, [valor2], …) Determinar o valor presente líquido usando fluxos de caixa que ocorrem em intervalos regulares, como mensalmente ou anualmente.

Cada fluxo de caixa, especificado como valor ocorre no final de um período.

Se houver um fluxo de caixa adicional no início de cada período, deverá ser adicionado ao valor retornado pela função VPL. Consulte o Exemplo 2 no tópico da Ajuda VPL.

XVPL(taxa, valores, datas) Determinar o valor presente líquido usando fluxos de caixa que ocorrem em intervalos irregulares. Cada fluxo de caixa, especificado como valor ocorre em uma data de pagamento agendada.
TIR(valores, [suposição]) Determine a taxa interna de retorno usando fluxos de caixa que ocorrem em intervalos regulares, como mensalmente ou anualmente.

Cada fluxo de caixa, especificado como valor ocorre no final de um período.

O TIR é calculado por meio de um procedimento de pesquisa iterativo que começa com uma estimativa de TIR — especificada como uma suposição — e que varia repetidamente esse valor até que o TIR correto seja obtido. A especificação de um argumento suposição é opcional; o Excel usa 10% como o valor padrão.

Se houver mais de uma resposta aceitável, a função TIR retornará somente a primeira encontrada. Se TIR não encontrar nenhuma resposta, retornará um valor de erro #NUM!. Use um valor diferente para suposição se obtiver um erro ou se o resultado não for o esperado.

Nota    Uma suposição diferente poderia retornar um resultado diferente se houvesse mais de uma taxa interna de retorno possível.

XTIR(valores, datas, [suposição]) Determine a taxa interna de retorno usando fluxos de caixa que ocorrem em intervalos irregulares.

Cada fluxo de caixa, especificado como valor ocorre em uma data de pagamento agendada.

O XTIR é calculado por meio de um procedimento de pesquisa iterativo que começa com uma estimativa de TIR — especificada como uma suposição — e que varia repetidamente esse valor até que o XTIR correto seja obtido. A especificação de um argumento suposição é opcional; o Excel usa 10% como o valor padrão.

Se houver mais de uma resposta aceitável, a função XTIR retornará somente a primeira encontrada. Se XTIR não encontrar nenhuma resposta, retornará um valor de erro #NUM!. Use um valor diferente para suposição se obtiver um erro ou se o resultado não for o esperado.

Nota     Uma suposição diferente poderia retornar um resultado diferente se houvesse mais de uma taxa interna de retorno possível.

MTIR(valores, taxa_financ, taxa_reinvest) Determine a taxa interna de retorno modificada usando fluxos de caixa que ocorrem em intervalos regulares, como mensalmente ou anualmente, e considere o custo de investimento e os juros recebidos no reinvestimento do dinheiro.

Cada fluxo de caixa, especificado como um valor, ocorre no final de um período, exceto pelo primeiro fluxo de caixa, que especifica um valor no início do período.

A taxa de juros paga com o dinheiro usado nos fluxos de caixa é especificada em taxa_financ. A taxa de juros recebida em fluxos de caixa à medida que você os reinveste é especificada em taxa_reinvest.

Início da página Início da página

Mais informações

Para saber mais sobre o uso de VPL e TIR, consulte o Capítulo 8, "Evaluating Investments with Net Present Value Criteria", e o Capítulo 9, "Internal Rate of Return", de Microsoft Excel Data Analysis and Business Modeling de Wayne L. Winston. Visite Microsoft Learning para saber mais sobre este livro.

Início da página Início da página

 
 
Aplica-se a:
Excel 2010, Excel Web App