Adicionar uma tendência ou linha média a um gráfico

Para mostrar tendências de dados ou médias móveis em um gráfico que você criou, é possível adicionar uma linha de tendência. Você também pode estender uma linha de tendência além dos dados reais para prever valores futuros. Por exemplo, a seguinte linha de tendência linear prevê dois trimestres futuros e mostra claramente uma tendência de aumento que parece promissora para as vendas futuras.

Gráfico com linha de tendência

Você pode adicionar uma linha de tendência (linha de tendência: uma representação gráfica de tendências em séries de dados, como uma linha inclinada para cima para representar um aumento de vendas em um período de meses. As linhas de tendência são usadas para o estudo de problemas de prognóstico, também denominado análise de regressão.) a um gráfico 2D que não esteja empilhado (do tipo área, barra, coluna, linha, ação, dispersão ou bolha). A linha de tendência não pode ser adicionada a um gráfico 3D ou empilhado. Gráficos de radar, pizza, superfície e rosca também não oferecem suporte para linhas de tendência.

  1. No seu gráfico, clique na série de dados (série de dados: pontos de dados relacionados plotados em um gráfico. Cada série de dados em um gráfico tem uma cor ou um padrão exclusivo e é representada na legenda do gráfico. É possível plotar uma ou mais séries de dados em um gráfico. Os gráficos de pizza têm somente uma série de dados.) à qual você quer adicionar uma linha de tendência ou uma média móvel.

A linha de tendência começará no primeiro ponto de dados da série de dados escolhida.

  1. Clique no botão Elementos do Gráfico botão Elementos do Gráfico, ao lado do canto superior direito do gráfico.
  2. Marque a caixa Linha de tendência.
  3. Para escolher um tipo de linha de tendência diferente, clique na seta ao lado de Linha de Tendência e depois clique em Exponencial, Previsão Linear ou Média Móvel de Dois Períodos. Para ver linhas de tendências adicionais, clique em Mais Opções.
  4. Se você escolher Mais Opções, clique na opção deseja do painel Formatar Linha de Tendência em Opções de Linha de Tendência.

painel Formatar Linha de Tendência

  • Se você selecionar Polinomial, insira a potência máxima para a variável independente na caixa Ordem.
  • Se selecionar Média Móvel, insira o número de períodos que você quer usar para calcular a média móvel na caixa Período.

 Dica    Uma linha de tendência é mais precisa quando seu valor de R-quadrado (um número de 0 a 1 que revela com que precisão os valores estimados para a linha de tendência correspondem aos seus dados reais) está em 1 ou próximo de 1. Quando você ajusta uma linha de tendência aos dados, o Excel calcula automaticamente o valor de R-quadrado. Você pode mostrar esse valor no seu gráfico marcando a caixa Exibir valor de R-quadrado no gráfico (painel Formatar Linha de Tendência, Opções de Linha de Tendência).

Saiba mais sobre todas as opções de linhas de tendências

Linha de tendência linear

Use esse tipo de linha de tendência para criar uma linha reta de melhor ajuste para conjuntos de dados lineares simples. Seus dados serão lineares se o padrão nos pontos de dados se parecer com uma linha. Uma linha de tendência linear geralmente mostra que algo está aumentando ou diminuindo a uma taxa constante.

Uma linha de tendência linear usa esta equação para calcular o menor ajuste quadrado para uma linha:

Equação

onde m é a inclinação e b é a interseção.

A seguinte linha de tendência linear mostra que as vendas de geladeiras aumentaram de modo consistente em um período de oito anos. Observe que o valor de R-quadrado (um número de 0 a 1 que revela com que precisão os valores estimados para a linha de tendência correspondem aos seus dados reais) é 0,9792, que é um bom ajuste da linha com os dados.

Gráfico de dispersão com linha de tendência linear

Linha de tendência logarítmica

Mostrando uma linha curva de melhor ajuste, essa linha de tendência é útil quando a taxa de mudança nos dados aumenta ou diminui rapidamente e depois se estabiliza. Uma linha de tendência logarítmica pode usar valores negativos e positivos.

Uma linha de tendência linear usa esta equação para calcular o menor ajuste quadrado através de pontos:

Equação

em que c e b são constantes, e ln é a função de logaritmo natural.

A seguinte linha de tendência logarítmica mostra o crescimento populacional previsto de animais em uma área de espaço fixo, onde a população se estabilizou à medida que o espaço para os animais diminuiu. Observe que o valor de R-quadrado é 0,933, que é um ajuste relativamente bom da linha com os dados.

Gráfico de dispersão com linha de tendência logarítmica

Linha de tendência polinomial

Essa linha de tendência é útil quando existe flutuações nos seus dados. Por exemplo, para analisar ganhos e perdas em um conjunto de dados grande. A ordem da polinomial pode ser determinada pelo número de flutuações nos dados ou por quantas dobras (picos e vales) aparecem na curva. Em geral, uma linha de tendência polinomial de Ordem 2 só possui um pico ou vale. A Ordem 3 geralmente possui um ou dois picos ou vales. A Ordem 4 geralmente possui até três picos ou vales.

Uma linha de tendência polinomial ou curvilínea usa esta equação para calcular o menor ajuste quadrado através dos pontos:

Equação

onde b e Variável são constantes.

A seguinte linha de tendência polinomial de Ordem 2 (um pico) mostra a relação entre a velocidade de direção e o consumo de combustível. Observe que o valor de R-quadrado é 0,979 (próximo de 1) e, portanto, a linha é um bom ajuste com os dados.

Gráfico de dispersão com linha de tendência polinomial

Linha de tendência de potência

Mostrando uma linha curva, essa linha de tendência é útil para conjuntos de dados que comparam medidas que aumentam a uma taxa específica. Por exemplo, a aceleração de um carro de corrida a intervalos de um segundo. Você não poderá criar uma linha de tendência de potência se os seus dados contiverem valores nulos ou negativos.

Uma linha de tendência de potência usa esta equação para calcular o menor ajuste quadrado através dos pontos:

Equação

onde c e b são constantes.

 Observação   Esta opção não estará disponível quando os seus dados incluírem valores negativos ou zero.

O seguinte gráfico de medidas de distância mostra a distância em metros por segundos. A linha de tendência de potência demonstra claramente o aumento de aceleração. Observe que o valor de R-quadrado é 0,986, que é um ajuste quase perfeito da linha com os dados.

Gráfico de dispersão com linha de tendência de potência

Linha de tendência exponencial

Mostrando uma linha curva, essa linha de tendência é útil quando os valores de dados sobem ou caem com taxas de aumento constante. Você não poderá criar uma linha de tendência exponencial se os seus dados contiverem valores nulos ou negativos.

Uma linha de tendência exponencial usa esta equação para calcular o menor ajuste quadrado através dos pontos:

Equação

onde c e b são constantes e e é a base do logaritmo natural.

A seguinte linha de tendência exponencial mostra a quantidade decrescente de carbono 14 em um objeto de acordo com seu envelhecimento. Observe que o valor de R-quadrado é 0,990, significando que a linha se ajusta aos dados quase que perfeitamente.

Gráfico com linha de tendência exponencial

Linha de tendência de média móvel

Essa linha de tendência suaviza flutuações nos dados para mostrar um padrão ou tendência mais claramente. Uma média móvel usa um número específico de pontos de dados (definido pela opção Período), determina a média desses pontos e usa o valor da média como um ponto na linha. Por exemplo, se Período for definido como 2, a média dos primeiros dois pontos de dados será usada como o primeiro ponto na linha de tendência de média móvel. A média do segundo e do terceiro ponto de dados será usada como o segundo ponto na linha de tendência etc.

Uma linha de tendência de média móvel usa esta equação:

Equação

O número de pontos em uma linha de tendência de média móvel (média móvel: uma sequência de médias computadas de partes de uma série de dados. Em um gráfico, uma média móvel suaviza as flutuações nos dados, mostrando mais claramente o padrão ou a tendência.) é igual ao número total de pontos na série, menos o número especificado para o período.

Em um gráfico de dispersão, a linha de tendência se baseia na ordem dos valores de X no gráfico. Para obter um resultado melhor, classifique os valores de X antes de adicionar uma média móvel.

A seguinte linha de tendência de média móvel mostra um padrão no número de casas vendidas em um período de 26 semanas.

Gráfico de dispersão com linha de tendência de média móvel

Início da página Início da página

 
 
Aplica-se a:
Excel 2013, Outlook 2013, PowerPoint 2013, Word 2013