Sobre as diferenças entre tipos de dados em um banco de dados do Access e um projeto do Access

MostrarSobre tipos de dados de um banco de dados do Access

Decida que tipo de dados (tipo de dados: a característica de um campo que determina que tipo de dados ele pode conter. Os tipos de dados incluem booliano, inteiro, longo, moeda, único, duplo, data, cadeia e variante (padrão).) usar para um campo com base nestas considerações:

MostrarEscolhendo entre um campo Texto ou Memorando

O Microsoft Access fornece dois tipos de dados de campo (tipo de dados campo: uma característica de um campo que determina o tipo de dados que pode ser armazenado. Por exemplo, um campo cujo tipo de dados é Texto pode armazenar dados que consistem em caracteres de texto ou número, mas um campo Número pode armazenar somente dados numéricos.) para armazenar dados com texto ou combinações de texto e números: Texto e Memorando.

Use um tipo de dado Texto para armazenar dados como nomes, endereços e quaisquer números que não exijam cálculos, como números de telefone, números de peças ou códigos postais. Um campo Texto pode armazenar até 255 caracteres, mas o tamanho de campo padrão é 50 caracteres. A propriedade TamanhoDoCampo controla o número máximo de caracteres que pode ser inserido em um campo Texto.

Use o tipo de dado Memorando se você precisa armazenar mais de 255 caracteres. Um campo Memorando pode armazenar até 65.536 caracteres. Se você deseja armazenar texto formatado ou documentos longos, crie um campo Objeto OLE, em vez de um campo Memorando.

Ambos os tipos de dados Texto e Memorando armazenam somente os caracteres inseridos em um campo; os caracteres de espaço para posições não utilizadas no campo não são armazenados.

Você pode classificar ou agrupar em um campo Texto ou Memorando, mas o Access usa somente os primeiros 255 caracteres quando você classifica ou agrupa em um campo Memorando.

MostrarEscolhendo entre um campo Número ou Moeda

O Microsoft Access fornece dois tipos de dados de campo (tipo de dados campo: uma característica de um campo que determina o tipo de dados que pode ser armazenado. Por exemplo, um campo cujo tipo de dados é Texto pode armazenar dados que consistem em caracteres de texto ou número, mas um campo Número pode armazenar somente dados numéricos.) para armazenar dados contendo valores numéricos: Número e Moeda.

Utilize um campo Número para armazenar dados numéricos a serem utilizados em cálculos matemáticos, exceto cálculos que envolvam dinheiro ou que exijam um alto grau de precisão. O tipo e tamanho dos valores numéricos que podem ser armazenados em um campo Número são controlados pela configuração da propriedade TamanhoDoCampo. Por exemplo, o tamanho de campo Byte só irá armazenar números inteiros (nenhum valor decimal) de 0 a 255, ocupando 1 byte de espaço em disco.

Utilize um campo Moeda para evitar arredondamento em cálculos. Um campo Moeda tem precisão de 15 dígitos à esquerda da vírgula decimal e 4 dígitos à direita. Um campo Moeda ocupa 8 bytes de espaço em disco.

Os campos Número e Moeda fornecem formatos de exibição (formato: especifica a maneira como os dados são exibidos e impressos. Um banco de dados do Access fornece formatos padrão para tipos de dados específicos, como faz um projeto do Access em relação aos tipos de dados SQL equivalentes. Também é possível criar formatos personalizados.) predefinidos ou você pode criar um formato personalizado.

MostrarEscolhendo entre um campo AutoNumeração incrementado ou aleatório

O Microsoft Access fornece o tipo de dados AutoNumeração para criar campos que inserem automaticamente um número exclusivo quando um registro é adicionado. Uma vez gerado um número para um registro, ele não pode ser excluído ou alterado. Um campo AutoNumeração pode gerar três tipos de números: números seqüenciais que aumentam de um em um, números aleatórios e números de código de replicação (também chamado de GUIDs — identificadores exclusivos). Campos AutoNumeração incrementados de um em um são o tipo mais comum de AutoNumeração e são uma boa escolha para uso como uma chave primária (chave primária: um ou mais campos (colunas) cujos valores identificam exclusivamente cada registro em uma tabela. A chave primária não pode permitir valores Nulo e sempre deve ter um índice exclusivo. É usada para relacionar uma tabela a chaves estrangeiras em outras tabelas.) de tabela. Campos AutoNumeração aleatórios irão gerar um número aleatório que é exclusivo para cada registro na tabela. Campos AutoNumeração de código de réplica são usados na replicação do banco de dados (replicação de banco de dados: o processo de criar duas ou mais cópias especiais (réplicas) de um banco de dados do Access. As réplicas podem ser sincronizadas e as alterações feitas nos dados de uma réplica ou as alterações de design feitas no Design Mestre são enviadas para outras réplicas.) a fim de gerar identificadores exclusivos para sincronizar réplicas (réplica: uma cópia de um banco de dados que integra um conjunto de réplicas e pode ser sincronizada com outras réplicas do conjunto. As alterações nos dados de uma tabela replicada de uma réplica são enviadas e aplicadas a outras réplicas.).

MostrarSobre tipos de dados de um projeto do Access (SQL Server)

Os objetos que contém dados têm um tipo de dados associado que define o tipo de dados (caractere, inteiro, binário e assim por diante) que o objeto pode conter. Os seguintes objetos têm tipos de dados:

  • Colunas em tabelas e modos de exibição.
  • Parâmetros em procedimentos armazenados.
  • Variáveis
  • Funções Transacta-SQL que retornam um ou mais valores de dados de um tipo de dados específico.
  • Procedimentos armazenados que têm um código de retorno, que sempre tem um tipo de dados inteiro.

Designar um tipo de dados a um objeto define quatro atributos do objeto:

  • O tipo de dados contido pelo objeto. Por exemplo, caractere, inteiro ou binário.
  • O comprimento do valor armazenado ou seu tamanho. O comprimento de um tipo de dados varbinary, binário e imagem é definido em bytes. O comprimento de qualquer um dos tipos de dados numéricos é o número de bytes requeridos para guardar o número de dígitos permitidos para esse tipo de dados. O comprimento da seqüência de caracteres e tipos de dados Unicode é definida em caracteres.
  • A precisão do número (somente tipos de dados numéricos). A precisão é o número de dígitos que o número pode conter. Por exemplo, um objeto smallint pode guardar 5 dígitos no máximo; ele tem uma precisão de 5.
  • A escala do número (somente tipos de dados numéricos). O número de dígitos que podem ser armazenados à direita do ponto decimal. Por exemplo, um objeto int não pode aceitar um ponto decimal e tem uma escala de 0. Um objeto money pode ter no máximo 4 dígitos à direita do ponto decimal e tem uma escala de 4.

Por exemplo, se um objeto é definido como money, ele pode conter no máximo 19 dígitos, 4 dos quais podem estar à direita do decimal. O objeto usa 8 bytes para armazenar os dados. O tipo de dados money consequentemente tem uma precisão de 19, uma escala de 4 e um comprimento de 8.

Todos os dados armazenados em um SQL Server devem ser compatíveis com um desses tipos de dados básicos. O tipo de dados cursor é o único tipo de dados básico que não pode ser atribuído a uma coluna de tabela. Ele pode ser usado somente para parâmetros de procedimento armazenado e variáveis.

Também podem ser criados tipos de dados definidos pelo usuário, por exemplo:

-- Create a birthday datetype that allows nulls.
EXEC sp_addtype birthday, datetime, 'NULL'

            
-- Create a table using the new data type.
CREATE TABLE employee
emp_id char(5)
emp_first_name char(30)
emp_last_name char(40)
emp_birthday birthday
            

Os tipos de dados definidos pelo usuário sempre são definidos em termos de um tipo de dados básico. Eles oferecem um mecanismo para aplicar um nome a um tipo de dados que é mais descritivo dos tipos de valores a serem guardados no objeto. Isto pode tornar mais fácil para um programador ou administrador de banco de dados compreender o uso pretendido de qualquer objeto definido com o tipo de dados.

MostrarComparação ou mapeamento de tipos de dados entre um banco de dados do Access e um projeto do Access

A tabela a seguir compara tipos de dados (tipo de dados: a característica de um campo que determina que tipo de dados ele pode conter. Os tipos de dados incluem booliano, inteiro, longo, moeda, único, duplo, data, cadeia e variante (padrão).) entre um banco de dados do Microsoft Access (banco de dados do Microsoft Access: uma coleção de dados e objetos (como tabelas, consultas ou formulários) relacionados a uma finalidade ou a um tópico específico.) e um projeto do Microsoft Access (projeto do Microsoft Access: um arquivo do Access que se conecta a um banco de dados do Microsoft SQL Server e é usado para criar aplicativos cliente/servidor. Um arquivo de projeto não contém dados ou objetos baseados em definição de dados, como tabelas e modos de exibição.).

Tipo de dados do Microsoft Access Tipo de dados do SQL Server
Sim/Não (tipo de dados Sim/Não: um tipo de dados de campo usado em campos que conterão somente um de dois valores, como Sim ou Não, e Verdadeiro ou Falso. Os valores nulos não são permitidos.) bit (tipo de dados bit: em um projeto do Access, um tipo de dados que armazena um valor 1 ou 0. Valores inteiros que não sejam 1 ou 0 são aceitos, mas são sempre interpretados como 1.)
Número (tipo de dados Número: em um banco de dados do Microsoft Access, um tipo de dados de campo para dados numéricos que serão usados em cálculos matemáticos. Use o tipo de dados Moeda, entretanto, para exibir valores de moeda.) (Byte) tinyint (tipo de dados tinyint: em um projeto do Access, um tipo de dados de 1 byte (8 bits) que armazena números inteiros no intervalo de 0 a 255.)
Número (Inteiro) smallint (tipo de dados smallint: em um projeto do Access, um tipo de dados de 2 bytes (16 bits) que armazena números inteiros no intervalo de -2^15 (-32.768) a 2^15 - 1 (32.767).)
Número (Inteiro longo) int (tipo de dados int: em um projeto do Access, um tipo de dados de 4 bytes (32 bits) que armazena números inteiros no intervalo de -2^31 (-2.147.483.648) a 2^31 - 1 (2.147.483.647).)
Número (Simples) real (tipo de dados real: em um projeto do Access, um tipo de dados numérico aproximado com uma precisão de sete dígitos que pode conter valores positivos de aproximadamente 1,18E - 38 a 3,40E + 38, valores negativos de aproximadamente -1,18E - 38 a -3,40E + 38 ou zero.)
(sem equivalente) bigint (tipo de dados bigint: em um projeto do Access, um tipo de dados de 8 bytes (64 bits) que armazena números inteiros no intervalo de -2^63 (-9.223.372.036.854.775.808) a 2^63-1 (9.223.372.036.854.775.807).)
Número (Duplo) float (tipo de dados flutuante: em um projeto do Access, um tipo de dados numérico aproximado com uma precisão de 15 dígitos. Ele pode conter valores positivos de aproximadamente 2,23E - 308 a 1,79E + 308, valores negativos de aproximadamente -2,23E - 308 a -1,79E + 308 ou zero.)
Moeda (tipo de dados Moeda: em um banco de dados do Microsoft Access, um tipo de dados útil para cálculos que envolvam moeda ou para cálculos de ponto fixo nos quais a precisão é extremamente importante.)

money (tipo de dados dinheiro: em um projeto do Access, um tipo de dados que armazena valores monetários no intervalo de -922.337.203.685.477,5707 a 922.337.203.685.477,5807, com uma precisão de dez milésimos de uma moeda.)

smallmoney (tipo de dados smallmoney: em um projeto do Access, um tipo de dados que armazena valores monetários de -“214.748,3648 a 214.748,3647, com uma precisão de dez milésimos de uma moeda. Ao serem exibidos, os valores smallmoney são arredondados até duas casas decimais.)

Decimal/numérico (tipo de dados decimal (banco de dados do Access): um tipo de dados numérico exato que contém valores de -10^38 - 1 a 10^38 - 1. É possível especificar a escala (número máximo de dígitos) e a precisão (número total máximo de dígitos à direita da vírgula decimal).)

decimal (tipo de dados decimal (projeto do Access): um tipo de dados numérico exato que contém valores de -10^38 - 1 a 10^38 - 1. É possível especificar a escala (número total máximo de dígitos) e a precisão (número máximo de dígitos à direita da vírgula decimal).)

numeric (tipo de dados numérico: em um projeto do Access, um tipo de dados numérico exato que contém valores de-10^38 - 1 a 10^38 - 1. É possível especificar a escala (número total máximo de dígitos) e a precisão (número máximo de dígitos à direita da vírgula decimal).)

Data/Hora (tipo de dados Data/Hora: tipo de dados do banco de dados do Access usado para armazenar informações de data e hora.)

datetime (tipo de dados data/hora: em um projeto do Access, um tipo de dados de data e hora que vai de 1º de janeiro de 1753 a 31 de dezembro de 9999, com uma precisão de três centésimos de segundo, ou 3,33 milissegundos.)

smalldatetime (tipo de dados smalldatetime: em um projeto do Access, um tipo de dados de data e hora menos preciso que o tipo de dados data/hora. Os valores de dados vão de 1º de janeiro de 1900 a 6 de junho de 2079, com a precisão de um minuto.)

AutoNumeração (tipo de dados Numeração Automática: em um banco de dados do Microsoft Access, um tipo de dados de campo que armazena automaticamente um número exclusivo para cada registro quando este é adicionado a uma tabela. Três tipos de número podem ser gerados: sequencial, aleatório e código de replicação.) (Incremento) int (tipo de dados int: em um projeto do Access, um tipo de dados de 4 bytes (32 bits) que armazena números inteiros no intervalo de -2^31 (-2.147.483.648) a 2^31 - 1 (2.147.483.647).) (com a propriedade Identidade definida)
Texto (tipo de dados Texto: em um banco de dados do Microsoft Access, este é um tipo de dados de campo. Os campos de texto podem conter até 255 caracteres ou o número de caracteres especificado pela propriedade TamanhoDoCampo, o que for menor.) (n)

varchar(n) (tipo de dados varchar (n): em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho variável com no máximo 8.000 caracteres ANSI.)

nvarchar(n) (tipo de dados nvarchar(n): em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho variável com no máximo 4.000 caracteres Unicode. Os caracteres Unicode usam 2 bytes por caractere e oferecem suporte a todos os caracteres internacionais.)

Memorando (tipo de dados Memorando: em um banco de dados do Microsoft Access, este é um tipo de dados de campo. Os campos Memorando podem conter até 65.535 caracteres.) text (tipo de dados texto: em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho variável que pode conter no máximo 2^31 - 1 (2.147.483.647)caracteres; o tamanho padrão é 16.)
Objeto OLE (tipo de dados Objeto OLE: um tipo de dados de campo usado para objetos criados em outros aplicativos que podem ser vinculados ou inseridos (inseridos) em um banco de dados do Access.) image (tipo de dados imagem: em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho variável que pode conter no máximo2^31 - 1 (2.147.483.647) bytes de dados binários. É usado para armazenar BLOBs (Binary Large Objects), como imagens, documentos, sons e código compilado.)
Código de replicação (também chamado identificador exclusivo (GUID: um campo de 16 bytes usado em um banco de dados do Access para estabelecer um identificador exclusivo para replicação. Os GUIDs são usados para identificar réplicas, conjuntos de réplicas, tabelas, registros e outros objetos. Em um banco de dados do Access, os GUIDs são denominados Códigos de Replicação.)) uniqueidentifier (tipo de dados uniqueidentifier: em um projeto do Microsoft Access, um identificador exclusivo (GUID) de 16 bytes.) (SQL Server 7.0 ou posterior)
Hiperlink (tipo de dados Hiperlink: um tipo de dados em um campo do banco de dados do Access que armazena endereços de hiperlink. Um endereço pode ter até quatro partes e é escrito no seguinte formato: textoparaexibição#endereço#subendereço#.) char (tipo de dados char: em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho fixo com no máximo 8.000 caracteres ANSI.), nchar (tipo de dados nchar: em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho fixo com no máximo 4.000 caracteres Unicode. Os caracteres Unicode usam 2 bytes por caractere e oferecem suporte a todos os caracteres internacionais.), varchar, nvarchar (Com a propriedade Hiperlink definida para Sim)
(sem equivalente) varbinary (tipo de dados varbinary: em um projeto do Access, um tipo de dados de tamanho variável com no máximo 8.000 bytes de dados binários.)
(sem equivalente) smallint (tipo de dados smallint: em um projeto do Access, um tipo de dados de 2 bytes (16 bits) que armazena números inteiros no intervalo de -2^15 (-32.768) a 2^15 - 1 (32.767).)
(sem equivalente) timestamp (tipo de dados carimbo de data/hora: em um projeto do Access, um tipo de dados automaticamente atualizado sempre que uma linha é inserida ou atualizada. Os valores em colunas de carimbo de data/hora não são dados data/hora, mas binary(8) ou varbinary(8), que indicam a sequência de modificações de dados.)
(sem equivalente)

char

nchar

(sem equivalente) sql_variant (tipo de dados sql_variant: em um projeto do Access, um tipo de dados que armazena valores de diversos tipos de dados, exceto os tipos text, ntext, image, timestamp e sql_variant. É usado em uma coluna, um parâmetro, uma variável ou um valor de retorno de uma função definida pelo usuário.)
(sem equivalente) definido pelo usuário (tipo de dados definido pelo usuário: em um banco de dados do Microsoft SQL Server, uma definição do tipo de dados que uma coluna pode conter. É definido pelo usuário com tipos de dados existentes do sistema . Regras e padrões podem ser acoplados somente a tipos de dados definidos pelo usuário.)

 Observação   Em um projeto do Access ou banco de dados SQL Server, o prefixo "n" representa "nacional" e significa que o tipo de dados é ativado por unicode. Por padrão, em um banco de dados do Access, todas as colunas de texto são ativadas por unicode.

 
 
Aplica-se a:
Access 2003